REFORMA

Dell: melhorias em Eldorado do Sul

25/07/2022 15:58

Multinacional faz “revitalização completa” em operação problemática.

Nova cara para Eldorado do Sul. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

A Dell fez uma “revitalização completa” na sua operação em Eldorado do Sul, cidade da grande Porto Alegre que abriga a sede da empresa no Brasil e que nos últimos tempos esteve no noticiário por problemas na gestão de recursos humanos.

Em nota, a Dell frisa que Eldorado agora está “alinhada aos modernos padrões globais de ambientes de trabalho” da empresa, o que inclui “ambientes de confraternização, lazer, exercícios ao ar livre e Espaço Zen”. 

“Essa reforma promove ainda mais a modalidade de trabalho híbrido, com espaços que estimulam a colaboração e a produtividade no escritório. Nos atentamos também aos aspectos ergonômicos em nossos mobiliários, além de implementar áreas voltadas ao bem-estar e pausas para cuidar da saúde física e mental”, afirma Diego Puerta, presidente da Dell Technologies no Brasil. 

A Dell não menciona isso na sua nota (o que é natural), mas os novos ambientes estão sendo entregues um ano depois da multinacional ser condenada pela  Justiça do Trabalho a pagar uma multa de R$ 10 milhões por danos morais coletivos causados por assédio moral a funcionários na operação de Eldorado.

Na ação, o MPT afirmou que a Dell faz cobrança excessiva de metas e gestão por estresse, adotando práticas como exposição dos rankings de venda com destaque para resultados negativos, atribuição de apelidos pejorativos, tratamento desrespeitoso e limitações para uso de banheiro.

O valor, que deve ser pago ao Fundo de Amparo ao Trabalhador, é acrescido de uma indenização de R$ 100 mil por cabeça para um grupo não revelado de funcionários da multinacional americana. 

As multas se referiam a demissões de funcionários que retornavam ao trabalho em um período de 12 meses após retornar de período recebendo benefício previdenciário por problemas de saúde, o que é vetado pela CLT.

O processo vinha correndo desde 2017 e se refere a fatos ocorridos nos três anos anteriores. Na época, a Dell disse que ia recorrer.

Independente do resultado final do processo, a Dell parece ter decidido dar um banho de loja na sede, deixando o local dentro dos standards atuais para empresas de tecnologia. 

A operação em Eldorado do Sul é um investimento feito há mais de duas décadas que reflete os vais e vens da multinacional no país.

Inaugurada em 1999, a operação de Eldorado do Sul marcou a entrada da Dell no país. Inicialmente, o local abrigava também a produção de computadores, uma das poucas no Brasil fora do Pólo de Manaus e do estado de São Paulo.

Em 2006, a Dell optou por levar a fabricação de equipamentos para Hortolândia, deixando em Eldorado a sede e algumas áreas de vendas e suporte.

Uma década depois, em 2016, a Dell transferiu para o local um centro de desenvolvimento de software que mantinha nas instalações do Tecnopuc, o parque tecnológico da PUC-RS em Porto Alegre.

Veja também

COMANDO
Ex-Dell assume Lenovo ISG Latam

João Bortone substitui Sergio Severo, que vai para a América do Norte.

PLANOS
Dell anuncia programa focado em startups

A companhia busca ser one stop shop para as pequenas empresas, seu mercado prioritário no Brasil.

MÃO DE OBRA
Instituto Caldeira lança programa de capacitação

No barco, estão nomes como Oracle, Google, AWS, Microsoft e Salesforce.

CONSELHOS
Justiça anula contrato do Gartner com Porto Alegre

Gigante de consultoria foi contratada em 2020 sem licitação. Assunto não está encerrado.

OPS!
Sonda terá que pagar PLR para 1791 funcionários

Pagamento é resultado de ação do sindicato paulista Sindpd e vale no RS, MG, SP e RJ.

EDUCAÇÃO
StartSe oferece formação a jovem impedida de cursar USP

 A matrícula da estudante foi barrada na Justiça porque ela estudava em casa desde 2018.