REALIDADE VIRTUAL

Hydro: tecnologia interativa com Ludus Studio

25/07/2022 14:19

A norueguesa selecionou a startup paraense através do programa Minera Startup.

Um dos projetos simula as condições e a duração do processo com um acelerador de tempo (Foto: Pexels/AnnaShvets)

Tamanho da fonte: -A+A

A Hydro, empresa norueguesa líder em energia e alumínio, selecionou a Ludus Studio, startup paraense de tecnologia interativa, para realizar projetos de realidade virtual, simulações interativas e realidade aumentada para suas operações no Brasil.

A escolha se deu através da segunda edição do Minera Startup, programa de relacionamento da empresa com startups do Pará em colaboração com a Açaí Valley, voltado para soluções para o negócio da empresa com foco em inovação, digital office e IoT aplicada ao ambiente industrial.

No momento, um dos projetos trabalhados pela Ludus é um simulador para estudar e avaliar processos para implementação de melhorias no filtro prensa da refinaria Hydro Alunorte, em Barcarena, no Pará, há 252 km da capital do estado.

Com o uso de óculos de realidade virtual e pela realidade aumentada, a equipe poderá realizar simulações de diversas condições para avaliar oportunidades de melhoria.

Assim, é possível simular condições e duração do processo com um acelerador de tempo, gerando posteriormente um relatório para tomada de decisões estratégicas no que se refere à disposição e manipulação das placas dentro da oficina.

“É muito gratificante podermos unir o uso de tecnologia inovadora como Realidade Aumentada e Realidade Virtual, construída e implementada por pessoas da região, em processos de inovação e melhoria contínua nas operações da Hydro, no Pará”, afirma Leôncio Bitar, gerente sênior de transformação digital da Hydro.

Além do projeto para a Hydro Alunorte, a Ludus Studio tem em vista outros trabalhos, ainda em fase inicial e que devem ser realizados em uma segunda etapa com prazo indefinido, para a Hydro Paragominas, mina de bauxita da empresa, os quais envolvem realidade aumentada e entrega de informações em tempo real.

“A experiência com o primeiro projeto que está sendo desenvolvido na refinaria foi um estímulo para o crescimento interno, tanto no que se refere ao aumento dos recursos humanos envolvidos, como na aquisição de novos equipamentos e softwares, surgimento de novas parcerias, além de promover o portfólio da Ludus Studio” afirma Ítalo Freitas, CEO da Ludus Studio.

Fundada em 2020, a Ludus tem sede em Belém e oferece também serviços de maquete virtual e mascotes e personagens 3D.

Em seu portfólio constam ainda o desenvolvimento de jogos de videogame como Brightside e Berry.

Já a Hydro, natural de Oslo, na Noruega, e presente no mercado desde 1905, conta com 35 mil colaboradores espalhados por 40 países em todos os continentes.

No primeiro trimestre de 2022, a empresa registrou lucro de US$ 679 milhões e receita de cerca de US$ 5 bilhões, alta de 46% em relação ao ano anterior.

Veja também

CAPITAL
Flowork investe em startups

Empresa de coworking deve fazer 30 aportes até 2024.

GIGANTE
Amazon faz aposta bilionária em saúde

Gigante de e-commerce pagou US$ 3,9 bilhões para levar empresa americana da área.

ANIMAIS
O que os Unicórnios têm a aprender com os Camelos?

Startups de tecnologia estão em um momento de revisão da sua maneira de operar.

CONECTIVIDADE
Confins terá centro de inovação

Com 5G, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte quer aplicar o conceito de smart airport.