CARREIRA

LinkedIn lança plataforma para freelancers

25/08/2016 16:02

O objetivo é conectar serviços oferecidos por freelancers a consumidores ou pequenas empresas.

O LinkedIn acaba de abrir para freelancers dos Estados Unidos a plataforma ProFinder. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O LinkedIn acaba de abrir para freelancers dos Estados Unidos a plataforma ProFinder.

O objetivo do marketplace é conectar serviços oferecidos por freelancers a consumidores ou pequenas empresas.

A empresa iniciou um projeto-piloto da plataforma em outubro do ano passado, mas nesta semana abriu o marketplace de forma oficial.

Em um post no blog do LinkedIn, Vaibhav Goel, gerente de produtos da empresa, afirma que o número de freelancers aumentou aproximadamente 50% nos últimos cinco anos. 

“Se você está procurando alguém para diagramar seus convites de casamento ou fazer a declaração de seus impostos, o LinkedIn Profinder facilita o processo de encontrar e contratar um profissional certo para o trabalho”, relata Goel.

Pela plataforma, depois que a empresa submete o anúncio em busca de um freelancer, o LinkedIn envia uma lista com os profissionais mais qualificados para o projeto.

O sistema reúne inicialmente mais de 140 áreas de trabalho, como design, redação e edição de textos, contabilidade, corretor imobiliário e coaching. 

No período piloto, a empresa recebeu o cadastro de aproximadamente 50 mil freelancers.

“Com a nossa rede de mais de 450 milhões de membros sentimos que podemos desempenhar um papel importante no apoio a economia autônoma. Esse modelo é uma parte crescente e influente da força de trabalho moderna e nosso objetivo é oferecer o mesmo tipo de valor para esses trabalhadores independentes como aqueles em empresas tardicionais”, finaliza Goel.

Veja também

RH
Netshoes aumenta seleção pelo LinkedIn

 Em 2015, 15% das contratações tiveram o LinkedIn como fonte de origem da seleção.

RANKING
LinkedIn: lista de mais atraentes tem duas de TI

Entre as 25 empresas mais bem sucedidas em conquistar e reter talentos estão Totvs e Accenture.

NEGÓCIOS
Microsoft adquire LinkedIn

A transação em dinheiro foi fechada em US$ 26,2 bilhões.