Baguete
InícioNotícias> WhatsApp abre caminho para empresas

Tamanho da fonte:-A+A

ATENDIMENTO

WhatsApp abre caminho para empresas

Júlia Merker
// quinta, 25/08/2016 14:58

O WhatsApp renovou os termos de serviço e a política de privacidade do aplicativo nesta quinta-feira, 25. Entre as novidades estão medidas para possibilitar a inserção de conversas entre empresas e clientes

O WhatsApp renovou seus termos de serviço para facilitar a entrada de empresas. Foto: Pexels.

“A atualização faz parte de nosso plano para testar maneiras para que pessoas possam se comunicar com estabelecimentos comerciais dentro dos próximos meses. Iremos explorar maneiras para facilitar a sua comunicação com os estabelecimentos comerciais de sua preferência, sem a exibição de anúncios ou spam”, afirma a empresa.

Em nota, a empresa apresenta situações em que o aplicativo poderá ser usado na área de atendimento.

“Muitos de nós recebemos mensagens de texto ou ligações de nosso banco para nos avisar sobre uma possível fraude em nossa conta, ou até mesmo um alerta sobre o atraso de um voo. E por isso, gostaríamos de testar estes recursos ao longo dos próximos meses”, explica.

A nova política de privacidade permite que o app do Facebook utilize o número de telefone que um usuário fornece no WhatsApp para permitir que os comerciantes segmentem anúncios na rede social. 

O número usado pelo WhatsApp vai se tornar parte de um banco de dados existente que pode ser combinado anonimamente com as listas de clientes das empresas para criar uma audiência específica para cada ação de marketing.

O Facebook também poderá usar o número para sugerir amigos e para controlar se um usuário tem os dois apps instalados em seu smartphone, aponta o Financial Times.

Esta é a primeira vez que WhatsApp, que é gerido separadamente do Facebook desde sua aquisição pela companhia de Zuckerberg, compartilha dados com a rede social.

Enquanto o WhatsApp está apenas começando a abrir espaço ativamente as empresas, muitas companhias já utilizam o aplicativo para conversar com os clientes, especialmente em mercados como o Brasil, onde o app domina as comunicações online.

O Messenger, outro aplicativo de mensagens do Facebook, também quer se tornar uma ferramenta atendimento ao cliente, incentivando empresas a construir chat bots que usam inteligência artificial para se comunicar com os usuários.

Júlia Merker