Nexus 7 puxa a forte entrada do Google no Japão. Foto: flickr.com/photos/eeepcit.

O Google lançou no Japão o seu tablet Nexus 7, assim como livros e filmes na língua nipônica, atenta ao avanço do mercado japonês de downloads digitais.

O Japão é o primeiro país na Ásia a receber o dispositivo de 16 GB do Google, à venda nas lojas por 19,800 yen (R$ 500) a partir de 2 de outubro, segundo notícia da Reuters.

Atualmente, conforme o Google, o Nexus 7 está disponível para venda na França, Alemanha, Espanha, Canadá, Reino Unido e Estados Unidos.

Com o lançamento, o Google sai do atraso em relação ao Yahoo, e chega na frente da Amazon, que ainda não lançou o seu Kindle Fire no Japão. A Rakuten ocupa o mercado local com o Kobo, produto lançado recentemente do Brasil pela Livraria Cultura.

De acordo com a Reuters, o Japão é um país onde o sistema do Google, o Android, conta com uma grande aceitação. Conforme o Google, a base de dispositivos móveis com o sistema triplicou no último ano, se tornando o terceiro país que mais baixa apps da Play Store.

Grande parte do faturamento do Google vem da publicidade e do aumento da base de usuários mobile. No Japão e Coréia do Sul, no entanto, a empresa está obervando um aumento da receita na visualização de vídeos no Youtube.

o CEO do Google, Eric Schmidt, acredita que o lançamento do tablet no Japão pode ser o estopim para um boom de novas empresas digitais e de e-commerce no país.

"É a plataforma que vai definir a batalha nesta indústria," declarou.

Mesmo com as investidas do Google, a Reuters ainda destaca que o mercado global de tablets ainda é dominado pela Apple e seu iPad, representando 70% das vendas no segundo trimestre.