Privacidade é um assunto chave na indústria da saúde. Foto: Pexels.

A Rede D’Or, o maior grupo hospitalar privado do país, adotou a solução de adequação às exigências da LGPD da Privacy Tools, uma companhia gaúcha especializada no tema privacidade e segurança de dados, o que se conhece no jargão como “privacytech”.

A plataforma da Privacy Tools realiza o mapeamento e fluxos de dados pessoais, gerenciamento do consentimento de pacientes, atendimento aos titulares, gestão de cookies e políticas em todos os portais do grupo. 

A adequação à LGPD é um tema chave para hospitais, que lidam com dados sensíveis, muitos compartilhados com empresas terceirizadas, o que aumenta o risco de vazamentos e uso indevido de dados pessoais. 

“O projeto foi implantado de forma rápida eficaz pelo time de tecnologia e jurídico da Rede D’Or com apoio do suporte técnico especializado da Privacy Tools e em pouco tempo os principais módulos estavam disponíveis e em execução na empresa”, afirma Ariel Dascal, CDO do grupo.

Criada no Rio de Janeiro no final dos anos 70, a Rede D’Or conta atualmente com mais de 50 hospitais e 40 clínicas oncológicas, sendo o grupo hospitalar referência no diagnóstico e tratamento do câncer na América Latina.

Ao todo, a empresa tem 87 mil médicos, 51 mil colaboradores e com mais de 4 milhões de atendimentos de emergência anualmente.

A PrivacyTools é acelerada pela Obr.global, uma consultoria de internacionalização de negócios liderada por Robert Janssen, consultor nessa área para a Softex há duas décadas, membro de diversos grupos anjos do Vale do Silício e vice-presidente de Relações Internacionais da Assespro.

A startup já tem clientes como Grupo E-sales, CRM Piperun, Grupo RBS, Banco RCI e Senff.  

Os fundadores são Aline Deparis e Marison Souza, ambos também criadores da Maven, uma companhia especializada em ferramentas de publicação digital que com o tempo evoluiu para um grupo de empresas que inclui também a Trubr, focada em blockchain.

A empresa está em um momento favorável. Depois de algumas idas e vindas, a LGPD entrou em vigor na semana passada. A lei prevê multas de até R$ 50 milhões ou ou 2% de seu faturamento bruto anual (o que for maior), para vazamentos de dados, o que deve aumentar muito o interesse pelas soluções da Privacy Tools.