Foto: reprodução

A Dma.is, uma nova startup de e-commerce, quer concorrer com grandonas do mercado. A empresa inicia com investimento de cerca de R$ 80 mil.

Um diferencial que a portal diz ter é a portabilidade de pontos obtidos em outros sites, como Mercado Livre, Ebay, Todaoferta e Quebarato, fazendo com que o vendedor não precise começar do zero.

O CEO da Dma.is, Marcelo Valente, diz que a prioridade no desenvolvimento do projeto foram questões de segurança.

Além da vitrine online, o portal conta um espaço reservado para prestação de serviços, como contatos de professores de diversas áreas e profissionais da construção civil.

Para anunciar o produto, o vendedor não paga nenhuma taxa. O rendimento do site é obtido por meio de comissões sobre as vendas e por valores pagos para a ordem como os produtos são apresentados.

São cerca de 12 mil cadastrados por mês e a expectativa é ficar entre os três maiores do segmento no prazo de um ano. No primeiro semestre no ar, a dma.is projeta registrar uma movimentação de R$ 500 mil.

“Temos como diferenciais o comparativo de anúncios, o acompanhamento das atividades de amigos e recebimento virtual como o MercadoPago, PagSeguro, PayPal e, o recém criado, Bcash do grupo Buscapé”, explica Valente.

Conforme a E-bit, atualmente, são cerca de 37 milhões de consumidores que fazem compras no mercado virtual. Até dezembro, outras 5 milhões de pessoas devam passar a consumir pela internet. A expectativa é que 2012 termine com um movimento de R$ 22 bilhões.