Décio Krakauer.

A Ramo, maior parceira da SAP Brasil para oferta do Business One, software de gestão para pequenas e médias empresas, agora também conta com uma companhia de assessoria contábil.

A empresa é voltada para projetos de assessoria contábil que antecedem a implementação do sistema Business One (B1).

“Na hora de implementar o ERP, tudo precisa estar alinhado em termos de registros e processos. A ideia da consultoria é apresentar as melhores práticas e organizar a empresa para adotar um novo sistema”, resume Décio Krakauer, presidente da Ramo Sistemas. 

Os clientes que começam um processo de contratação do B1 com a Ramo podem ser encaminhados para a assessoria após uma avaliação da maturidade da empresa em relação à contabilidade.

“Decidimos criar essa nova unidade após perceber que algumas empresas enfrentam dificuldades com um novo sistema quando não tem uma boa organização prévia, o que pode atrapalhar a relação com o software, mesmo que a implementação seja bem sucedida”, conta Krakauer.

A Ramo tem 570 clientes hoje e também atua como Master VAR da SAP para o B1, o que significa que ela pode cadastrar e treinar revendas, os chamados EBMs. A rede de parceiros da empresa conta com mais de 170 nomes.

Neste ano, a companhia lançou uma nova modalidade de compra do ERP, com o preço reduzido. O chamado SAP Business One Small Biz oferece a implantação da solução rodando na nuvem em até 12 parcelas de R$ 2.450, o que totaliza pouco menos R$ 29,4 mil.

Depois, o custo fica em R$ 1.550 pela implantação para até três usuários, sendo um profissional e dois limitados. O preço cobre licenças, hospedagem na AWS e manutenção SAP.

A Ramo Sistemas faturou R$ 36,5 milhões no ano passado, um crescimento de 17% frente ao registrado em 2016.

Em 2017, a empresa investiu R$ 1,5 milhão na abertura de 12 unidades de negócios para aumento da capilaridade.