Thaynan Mariano, vice-presidente mundial da JCI. Foto: divulgação.

A Junior Chamber International (JCI), organização voltada ao fortalecimento de jovens lideranças, anunciou a eleição do catarinense Thaynan Mariano como seu novo vice-presidente mundial.

Mariano foi eleito durante o último congresso global da entidade, que aconteceu em Yokohama, no Japão, com transmissão on-line para o mundo todo e mais de 15 mil participantes.

O executivo faz parte da JCI desde 2011, quando foi cofundador da unidade de Florianópolis. Desde então, passou por diversas posições no Brasil e na Irlanda e, em 2020, foi presidente da organização no Brasil. 

Profissionalmente, Mariano tem 12 anos de experiência, e atualmente, é head de marketing estratégico e vendas da Ionics, empresa de automação industrial sediada na capital catarinense. O profissional também é CEO e cofundador da Ideia Labs, uma startup de internet das coisas.

Na vice-presidência da JCI, o executivo será responsável pelos Estados Unidos, maior organização das américas, além do Paraguai, Uruguai, Peru e Suriname.

O Brasil ainda teve a eleição de Fabio Fagundes, que possui uma empresa de educação e treinamentos, como diretor do Conselho Americano de Desenvolvimento das Américas. Além disso, a produtora de eventos Ruth Faraga foi reconhecida no TOP 5 de membros mais engajados do congresso mundial. 

Criada em 1910, a JCI congrega mais de 200 mil jovens em 110 países e territórios, com organizações locais espalhadas por mais de 6 mil comunidades.

Entre os ex-integrantes da entidade, estão nomes como Príncipe Albert de Mônaco e os ex-presidentes americanos Bill Clinton, Geral R. Ford, Richard M. Nixon, John Kennedy e Albert “Al” Gore Jr.