José María Álvarez-Pallete, presidente da Telefónica. Foto: Divulgação.

A Telefônica acaba de entrar no universo das assistentes virtuais. A companhia anunciou a Aura durante o Mobile World Congress (MWC), em Barcelona

O sistema será a base de um novo modelo de relacionamento com os clientes. A assistente permitirá aos usuários gerenciar suas experiências digitais com a empresa e controlar os dados gerados pela utilização dos produtos e serviços da Telefônica.

"A inteligência cognitiva nos permitirá compreender melhor os nossos clientes, para que possamos nos relacionar de forma mais natural e fácil, e gerar uma nova relação de confiança com eles com base na transparência e no controle de seus dados", afirma José María Álvarez-Pallete, presidente da Telefónica.

A iniciativa estará disponível neste ano em seis países: Brasil, Argentina, Alemanha, Chile, Reino Unido e Espanha.

O projeto faz parte de um processo de transformação começou há vários anos na companhia, com a tarefa de simplificar e digitalizar a empresa de ponta a ponta. 

Desde 2012, a Telefônica investiu cerca de € 48 bilhões neste processo, tanto na implantação de redes como em outras infraestruturas, na integração de todos os seus sistemas de TI e no desenvolvimento de novos produtos e serviços digitais.

Em Barcelona, a empresa fez diversas demonstrações da Aura através de diferentes canais, como um aplicativo móvel e a integração da assistente com o Amazon Echo.

Com a novidade, os clientes poderão fazer perguntas sobre os produtos e serviços que usam; criar e rastrear uma reivindicação; gerenciar e desbloquear o acesso do dispositivo ao roteador wi-fi fornecido pela Telefônica; obter informações sobre seus programas de televisão favoritos e programar sua gravação; ou ser avisado quando seu consumo de dados for maior do que o habitual.

A Aura também poderá fazer recomendações sobre ofertas de produtos e serviços que melhor se adaptem às necessidades do usuário.

No Brasil, os recursos da assistente vão fazer parte do aplicativo Meu Vivo Mais, de acordo com o G1. Assim, os usuários poderão tirar dúvidas sobre seus serviços pelo app.

A assistente também vai responder em conversas no Messenger, do Facebook, para usuários do Chile e da Alemanha, inicialmente.

De acordo com a Telefônica, a Aura ainda será integrada ao Google Assistant e a Cortana, da Microsoft, em 2019.