Renan Kreling e Karine Santos, fundadores da Pix Mídia. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Pix Mídia, especializada em softwares e soluções de tecnologia digital para TV corporativa, recebeu um aporte de R$ 1 milhão em rodada liderada pela Domo Invest, através do Fundo Anjo, com participação da Poli Angels.

Criada em 2018 por Renan Kreling, Karine Santos, Cássio Hoffmann e Hugo Ferreira, a Pix Mídia nasceu da fusão de uma empresa de software com outra de comunicação interna.

Seu foco é o desenvolvimento de soluções para comunicação e gestão de conteúdo. Com o Content Manager Software (CMS) iMídiaTV, atende a projetos de TV corporativa, varejo, publicidade, digital out of home e outras aplicações de sinalização digital. 

No ano passado, a empresa teve um crescimento de 400% e, com o aporte, se prepara para investir na estratégia de go-to-market e no desenvolvimento da solução para torná-la mais completa e integrada.

“Existem diversos mercados adjacentes que podemos aplicar nossa solução, como por exemplo: educação, rede hoteleira, hospitais, lojas, frotas de veículos, lojas de serviço rápido, publicidade indoor/outdoor. O mercado é gigante e vamos entrar”, afirma Renan Kreling, cofundador da Pix Mídia.

Direcionando os investimentos para marketing, vendas e desenvolvimento das soluções, o plano da Pix é expandir para 1 mil clientes em todo o Brasil ao longo de 24 meses, além de gerar 15 novos postos de trabalho em 2021.

Além disso, a empresa se prepara para lançar um novo projeto: a Inboard, uma plataforma para comunicação e gestão de atividades para times remotos semelhante ao Trello e ao Monday.

“A solução teve o início do seu desenvolvimento quando a pandemia estourou no Brasil. Percebemos que o momento desafiador trouxe oportunidades e mergulhamos a fundo com os nossos clientes para entender o que seria uma possível solução, daí surgiu a Inboard”, conta Kreling.

A Pix enxerga no aporte da Domo Invest um passo importante para sua expansão e consolidação no mercado. 

“O background dos fundadores da Domo foi, sem sombra de dúvidas, decisivo na decisão de seguirmos com eles. Todas as reuniões que realizamos com o time nos transmitiram muita segurança e tranquilidade. Temos certeza que esta expertise vai nos dar o suporte com o decorrer da construção da Pix”, afirma o cofundador da Pix Mídia.

Segundo a gestora de investimentos, estima-se que o mercado de sinalização digital alcançará US$ 27 bilhões até 2022 e o crescimento exponencial da utilização de telas para comunicação corporativa no ambiente de trabalho cria a necessidade de gerenciamento de todo este conteúdo.

“Junto com o Renan, a Karine, o Cássio e o Hugo enxergamos aí um grande gap. A Pix Mídia tem um grande potencial, com boas ideias e profissionais altamente capacitados. Com o know-how da Domo na Pix, a startup tem tudo para crescer e se consolidar no mercado”, avalia Franco Pontillo, gestor do Fundo Anjo e sócio da Domo Invest.

Fundada há cinco anos, a Domo é conhecida por fazer investimentos no estágio seed. Em geral, os cheques variam de R$ 3 milhões a R$ 5 milhões. Seus sócios somam participações em mais de 100 investimentos e transações de M&A ao longo dos últimos 10 anos.