Alexandre Siffert, CEO da Ativas. Foto: divulgação.

A Ativas, provedora de serviços e outsourcing de tecnologia e infraestrutura, registrou um faturamento de R$ 36 milhões em 2012, crescendo 105% em relação à receita de 2011, quando contabilizou R$ 17 milhões.

A empresa segue uma fase de expansão desde sua a fundação de seu data center em 2010, quando registrou receita líquida de R$ 7 milhões.

Seguindo o crescimento acentuado do ano passado, a companhia estima que 2013 trará um faturamento ainda maior, subindo 144% e chegando aos R$ 51 milhões.

De acordo com Alexandre Siffert, CEO da Ativas, a expansão da empresa nos últimos anos se deve à estratégia da empresa em se apoiar no tripé pessoas, processos e infraestrutura.

Para o crescimento projetado para 2013, a companhia de Belo Horizonte pretende expandir suas ofertas para outros estados como São Paulo, Rio de Janeiro e região Sul.

Para isso, a companhia aposta na estruturação e capacitação de canais diretos e indiretos, assim como um novo portfólio de produtos para pequenas e médias empresas, que serão oferecidos por meio de parcerias.

“A Ativas nasceu orientada a processos e para servir os clientes na nuvem. Nos posicionamos como um provedor de serviços de valor agregado e buscamos sempre alinhar a TI aos negócios dos nossos clientes”, afirma Siffert.

Atualmente, a Ativas atende hoje cerca de 60 clientes e espera este ano adicionar pelo menos mais 50 clientes empresas em sua carteira.