Sandro Bittencourt. Foto: divulgação.

A Deal, empresa provedora de serviços especializados em outsourcing e consultoria em TI, está aterrisando no mercado gaúcho com a abertura de uma filial em São Leopoldo, região metropolitana de Porto Alegre.

A unidade da companhia, que tem escritórios em São Paulo (Alphaville e Presidente Prudente), assim como no Paraná (Curitiba) e Estados Unidos (Boca Raton, na Flórida), ficará no Tecnosinos, parque tecnológico que fica junto à Unisinos.

A filial ficará sob o comando de Sandro Bittencourt, executivo com mais de 20 anos de experiência na área de TI. Na Deal desde setembro de 2014, o profissional antes atuou como diretor nacional de negócios do Grupo Meta, empresa de serviços de TI sediada em São Leopoldo e com atuação nacional.

Na liderança da operação gaúcha da Deal, o plano de Bittencourt é aumentar a penetração dos serviços de outsourcing da companhia em clientes financeiros no estado, assim como levar a expertise de finanças da empresa para setores como varejo e e-commerce.

"Queremos ser a consultoria partner número um no estado no que se refere à finanças. Além desses setores vamos concentrar esforços nas áreas de Agronegócio e Indústria que possuem forte demanda no RS", avalia o executivo.

Outro ex-Meta, Bruno Esperança, foi contratado para a posição de gerente de marketing, cargo que ocupou na empresa gaúcha por seis anos.

Com a entrada no Rio Grande do Sul, um mercado onde a empresa não possuía nenhum cliente até este ano, a estimativa é que a região Sul represente um crescimento de 44% em novos negócios para a empresa em 2015.

"Vemos um grande potencial no mercado local para serviços e soluções como análise de negócios, internet banking, assim como cartões e crédito. Existe uma carência grande aqui na região para estas demandas", afirma Bittencourt.

O Deal Group é formado por empresas provedoras de serviços especializados em TI, consultoria e integração de sistemas e inovação, com foco no segmento financeiro. A Deal atua também no recrutamento e seleção de executivos, além da oferta de profissionais técnicos especializados. 

Com esta proposta a empresa registrou no ano passado na região Sul um crescimento de 98%. A companhia não divulgou valores oficiais de faturamento em 2014, embora tenha divulgado uma previsão de R$ 100 milhões em receita para o ano.

Em dezembro do ano passado, a companhia abriu uma fábrica de software em Presidente Prudente, município de 220 mil habitantes localizada no oeste de São Paulo. A unidade foi planejada para entregar 4 mil horas de projetos por mês no primeiro ano.

A carteira de clientes do grupo traz oito dos dez maiores bancos do mundo, incluindo nomes como Itaú, Bradesco e BNP Paribás, assim como alguns dos principais players nacionais de e-commerce.