Tamanho da fonte: -A+A

A Softway, especializada em softwares para comércio exterior, acaba de lançar um versão na nuvem da sua solução.

Mantido em um data center próprio da companhia, a versão cloud computing apresenta como diferencial a adaptação em tempo real às modificações da legislação tributária, que podem chegar a até duas por dia útil, afirma a empresa.

“O foco do Softway Cloud Suite é atender as empresas com operação média ou grandes no comércio internacional”, revela Menotti Antonio Franceschini Neto, diretor executivo da Softway.

A meta é que pelo menos 30% dos novos clientes em 2012 usem o serviço na nuvem.

O serviço será cobrado por um valor fixo mensal não revelado por usuário incluindo licença, manutenção, hosting e atualizações.

A Softway faturou R$ 55 milhões em 2011, cifra que pretende mais do que dobrar até 2015, quando o plano é chegar a R$ 130 milhões.