Geison Tamiosso, Renata Dal-Bó e Marcelo Castro.

O Grupo Iway acaba de entrar no mercado SAP com a criação da BrSAP, uma nova companhia focada em fábrica Abap, consultoria funcional e nos produtos Roambi, SucessFactors e Ariba.

A nova empresa é mais um passo da Iway, uma fábrica de software fundada em 2000, no sentido de criar um grupo de empresas cujos negócios se reforcem entre si.

No ano passado foi fundada a Wersa, focada em licenciamento de software, e adquirida a Fynder, um canal premier da Dell. Com a BrSAP, foi formado um grupo.

Como já foi feito nas outras empresas, a BrSAP traz novos sócios e terá uma atuação independente. A BrSAP conta com Geison Tamiosso, ex-Grupo Meta, como diretor de Operações e Renata Dal-Bó, ex-Stefanini, na área comercial.

De acordo com Marcelo Castro, CEO do Grupo Iway, a nova companhia vai trabalhar com abordagens diferenciadas ou em nichos de mercado ainda pouco explorados dentro do escossistema SAP.

“A fábrica de software Abap vai fazer uso do experiência acumulado pela Iway em metodologias ágeis, algo que está dando os primeiro passos no universo SAP”, exemplifica Castro.

As linhas de produtos da SAP, focadas em mobilidade, gestão de compras e RH que a empresa vai trabalhar são produto de aquisições feitas nos últimos anos e ainda estão em fase de constituição de canal pela multinacional alemã.

Isso é especialmente verdade sobre a Roambi, adquirida em fevereiro pela SAP. Castro está especialmente confiante no potencial do software de visualização de dados com foco em dispositivos móveis, com a qual a Iway já trabalhava desde o ano passado.

Castro passou a ser sócio da Iway em 2014, após deixar a posição de diretor de TI da Hyundai Elevator Brasil. Antes, o executivo foi country manager de TI da ThyssenKrupp Elevadores por 16 anos.

Atualmente o Grupo iWAY possui cerca de 130 funcionários baseados no Rio Grande do Sul, atendendo a clientes como ADP, SevenBoys/Wickbold, Bradesco, Tokio Marine, Hospital de Clínicas, entre outros.

Dentro do plano de crescimento está a abertura de um escritório em São Paulo ainda neste ano, primeiro passo de sua expansão física nacional.
Para 2017, já se prevê o início da expansão internacional, primeiramente nos Estados Unidos e posteriormente em outros países da América Latina.