A implantação do Fortaleza Digital foi discutida durante um encontro entre a prefeitura e a Red Hat. Foto: Divulgação.

A Red Hat, fornecedora de soluções open source adquirida em outubro pela IBM por US$ 34 bilhões, fechou um acordo com a Prefeitura de Fortaleza para implementar o Programa Fortaleza Digital na capital cearense. 

O projeto tem como objetivo oferecer ao cidadão uma plataforma unificada de comunicação com a prefeitura que reúna a prestação de serviços públicos prioritários. 

A iniciativa busca maior agilidade nos processos de licenciamento e de emissão de alvarás, integração de prontuários eletrônicos em todos os níveis de atenção à saúde e otimização do atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). 

O pedido de serviços relativos à conservação, iluminação, pavimentação de vias e gestão de resíduos sólidos também poderá ser realizada por meio do canal digital.

“A Red Hat está comprometida em entregar soluções aos seus parceiros que otimizem suas respectivas operações e atividades. O Programa Fortaleza Digital é um avanço social e tecnológico, uma vez que estimula a interação entre o cidadão e a Prefeitura, além de contribuir para a desburocratização. Assim, todas as partes envolvidas saem ganhando. Parabenizo a capital cearense por conta dessa visão”, afirma Gilson Magalhães, presidente da Red Hat Brasil.

As diretrizes de implantação do Programa Fortaleza Digital foram discutidas durante um encontro que contou com a presença do prefeito de fortaleza, Roberto Cláudio, secretários municipais e dirigentes da Red Hat. 

Os primeiros serviços do projeto deverão estar disponíveis ainda no início do segundo semestre de 2019.