INFRA

Intervalor: hiperconvergência com Dell

26/07/2021 10:19

Com um ano de implantação, projeto da V8 Consulting também contou com soluções da VMWare.

A empresa registra mais de 15 milhões de usuários ativos em suas soluções de TI. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Intervalor, empresa paulista do setor de cobranças, adotou a solução de hiperconvergência Dell VxRail com a implantação da V8 Consulting, integradora paulistana de soluções corporativas para nuvem, para suportar seu crescimento em curto e médio prazo.

Segundo a Intervalor, a companhia se viu diante do desafio de gerenciar a complexidade de suas operações bancárias com eficiência e velocidade e considerou a oferta da V8 Consulting como a mais aderente.

Com isso, o diagnóstico feito pela consultoria apontou para a substituição de storages e servidores pela tecnologia de hiperconvergência, estrutura de TI usada para reduzir a complexidade de data centers, unindo armazenamento, computação e rede em um único e virtualizado sistema.

"A Intervalor é um cliente bastante estratégico e a V8 identificou a possibilidade de implementar uma solução de hiperconvergência, garantindo ganho de performance e facilidade no gerenciamento, 100% ao encontro da necessidade e do objetivo da Intervalor", afirma Meiriane Arruda, executiva de contas da Dell.

O projeto também incluiu a implantação da VMWare vSAN, de software-defined storage, e VMWare vSphere, solução de hypervisor. 

O vSAN é um software de virtualização de armazenamento de nível corporativo que, combinado com o vSphere, plataforma de virtualização da camada de processamento, permite gerenciar o processamento e o armazenamento em uma única plataforma.

Com o vSphere with Tanzu, os aplicativos modernos em contêineres podem ser executados junto com a virtualização de aplicativos corporativos existentes de maneira unificada.

Todo o processo de implantação foi realizado em cerca de um ano, com trabalho conjunto das equipes em todas as fases do processo, desde o assessment do ambiente à implementação das tecnologias, estabilização de ambientes, migração de dados e otimização.

“Com o planejamento e o comprometimento dos times, conseguimos o refresh do ambiente, tão urgente para as aplicações da Intervalor, dentro do prazo esperado e com os melhores resultados”, afirma Luciano Gonçalves, vendedor de contas nomeadas da V8 Consulting.

Com as soluções, a Intervalor afirma ter ganho alta performance, capacidade para crescer horizontal e verticalmente, expansão RAM, disponibilidade de datacenters com velocidade e economia de recursos.

O ambiente mais estável teria contribuído para que o contato com o consumidor final fosse fluido e com qualidade. Com isso, a avaliação da empresa no ranking de clientes melhorou e a companhia conquistou mais operações e novas carteiras.

A Intervalor conseguiu um ganho de 80% na compactação de dados e os processos de rotinas, que levavam até 12 horas e rodavam durante a madrugada, ficaram 70% mais velozes.

Já a compressão dos datacenters e a deduplicação feitas pela tecnologia da Dell VxRail proporcionaram economia de disco ao ambiente da Intervalor, que agora suporta 40% a mais do volume de dados — cerca de 30 TB.

As janelas de backup ainda foram diminuídas consideravelmente. Se antes as equipes de dados passavam a noite realizando esse processamento, hoje garantem a disponibilidade das bases em um intervalo de duas a três horas.

“Pudemos implantar a oferta como planejado, com ganhos significativos nas nossas operações e aceleração da gestão”, conta Milene Zabot, diretora de TI e estratégia da Intervalor.

Fundada em 1999, a paulista Intervalor tem cerca de 2,1 mil colaboradores e registra mais de 15 milhões de usuários ativos em suas soluções de TI. 

Ela é parte da Arvato Financial Solutions, uma empresa da Arvato, companhia alemã com faturamento de € 4,8 bilhões em 2020, e, por sua vez, uma das oito divisões da Bertelsmann, dona de um canal de TV e da editora Penguin, entre outros empreendimentos.

A Arvato comprou uma participação de 40% na Intervalor ainda em 2015, subindo a mesma para 81,5% em 2017 e por fim 100% em 2020, sempre sem revelar valores.

Já a V8, fundada em 2014, atua com soluções ponta-a-ponta e multicloud, desde infraestrutura até projetos de gerenciamento e virtualização de dados, big data e inteligência artificial — trabalhando com as marcas Oracle, Google, Dell, VMware, Delphix e Veeam.

A carteira de clientes da integradora é formada por empresas dos setores de serviços financeiros, indústria, saúde, seguros, mídia e comunicação, utilities, educação, telecom, varejo, agronegócio e transporte. Entre elas, estão Oi, SPC Brasil, Seguradora Europeia, Cleartech e AEGEA.

A V8 também possui seu próprio centro de inovação, batizado de Acelera V8, para fomentar soluções de desenvolvimento e migração de aplicações em cloud, projetos DevSecOps, data driven, além de soluções de inteligência artificial e machine learning.

Veja também

INFRA
Neoenergia: hiperconvergência com Nutanix

A integradora Populos foi responsável pelo projeto em quatro subsidiárias da companhia.

EXCLUSIVO
EMAE aposta em hiperconvergência com HPE

Projeto com a MPE Soluções teve um investimento de R$ 2,75 milhões.

INFRA
Fundação Copel: hiperconvergência com Service IT

A entidade curitibana adotou soluções da Dell e da Oracle no projeto.

INFRA
Prefeitura de Araras: hiperconvergência com HPE

No projeto, a MPE Soluções fez a migração do ambiente de virtualização de 20 servidores físicos.

DATA CENTER
Leão: infraestrutura hiperconvergente com Nutanix

Projeto foi realizado com a Lenovo e a integradora 5F Soluções em TI.

INFRA
Sicoob Cocred investe R$ 5 milhões em data center

Em projeto próprio, cooperativa de crédito adotou solução da Nutanix com a integradora LGTi.