PARILLA

Uruguai tem startup quente de computação quântica

26/07/2022 12:22

Quantum-South é a primeira latino-americana a ingressar na IBM Quantum Network.

A parilla está esquentando no Uruguai. Foto: flickr.com/photos/24477168@N00/

Tamanho da fonte: -A+A

A Quantum-South, uma startup uruguaia para lá de discreta, acaba de se tornar a primeira empresa latino-americana a ingressar na IBM Quantum Network.

Com a novidade, a Quantum-South terá acesso aos sistemas de computação quântica da IBM, uma das líderes mundiais nessa área que ainda está engatinhando.

Em nível mundial, a Quantum Network já tem 180 integrantes, incluindo empresas da Fortune 500, startups, instituições acadêmicas e laboratórios de pesquisa.

A Quantum-South trabalha em problemas complexos de otimização para frete aéreo e marítimo que podem ser mapeados para computadores quânticos, incluindo aspectos como gerenciamento eficiente de contêineres e cenários de otimização de combustível de aviação, entre outros.

Quase não existe informação disponível sobre a Quantum-South, que tem apenas um site básico com informações sobre o currículo dos fundadores.

A equipe tem nomes de peso, como Rafael Sotelo, diretor do departamento de ICT da Universidad de Montevideo, a maior do país, ao longo das últimas duas décadas.

Outro integrante com pedigree acadêmico é Gerardo Beltrame, chefe do departamento de física da mesma universidade. 

Pelo lado mais de negócios, o time conta com Martin Machin, que já chefiou a grande operação da multinacional indiana TCS no Uruguai, com ao redor de 1 mil funcionários.

O QUE É

Enquanto os computadores clássicos calculam em bits que representam 0 e 1, os computadores quânticos usam bits quânticos - ou qubits - que aproveitam fenômenos da mecânica quântica, como interferência, superposição e emaranhamento, na computação, o que poderia resolver problemas intratáveis ​​para computadores clássicos. 

Veja também

CENÁRIO
O futuro das startups com a crise de venture capital

Problema é uma aversão temporária ao risco, não uma redefinição do modelo de crescimento das startups.

URUGUAIA
Anymarket compra Sagal

Com a aquisição, a plataforma amplia sua operação para sete países da América Latina.

ESTEREÓTIPOS
Inter tem jogador “de TI”

Carlos de Pena parece “o cara de TI” e faz brincadeiras no Twitter.

INVESTIMENTO
Google anuncia novo centro de engenharia no Brasil

Estrutura terá 400 funcionários para desenvolver ferramentas de privacidade e segurança.

HERMANAS
Globant compra Genexus

A companhia argentina apostou na plataforma low-code da uruguaia.

LANCHES
Simone está no McDonald’s

Executivo sai da Petrobras para reeditar dobradinha com Leandro Balbinot.