Alunos da informática da UFRGS, 1997. Você era um deles?

O Instituto de Informática (INF/UFRGS), responsável pelos cursos da área de tecnologia da federal gaúcha, está fazendo uma campanha para restabelecer contato com alunos que passaram pela instituição, como parte das comemorações dos seus 30 anos.

A campanha disponibiliza um formulário virtual para o preenchimento dos egressos dos cursos de graduação, mestrado e doutorado, além de ex-participantes de especialização, do pós-doutorado e do Centro de Empreendimentos em Informática (CEI/INF). 

O objetivo é criar uma rede de contatos e receber dados para “planejar os próximos anos” do Instituto de Informática da UFRGS.

O Instituto de Informática da UFRGS foi fundado em 9 de novembro de 1989, mas a atividade acadêmica em torno do assunto começou na década de 70, o que torna a universidade federal gaúcha umas das pioneiras no assunto no país. Com cerca de 70 professores, o corpo docente está entre os maiores do Brasil.

O lado mais óbvio do esforço da UFRGS por recuperar contato é o Colóquio INF-UFRGS 30 Anos, formado por diferentes eventos entre agosto a dezembro deste ano. 

Mas a base de contatos pode ter outros usos em um futuro próximo. O Ministério da Educação lançou a poucas semanas um programa de financiamento privado das universidades públicas, batizado de Future-se.

A área de informática já é uma das mais abertas ao mercado dentro da UFRGS.

A universidade foi o berço de uma série de empresas importantes do setor de eletroeletrônica gaúcho, como Altus, Digitel e CP e ex-alunos ocupam posições chave ou são fundadores de dezenas de empresas de software bem sucedidas nas últimas décadas.