Campanha da UPF arrecadou 4,5 toneladas de lixo eletrônico para descarte adequado. Foto: divulgação

Cerca de 4,5 toneladas de monitores e gabinetes de computador, impressoras, placas, mouses, teclados, celulares sem bateria, cabos e estabilizadores inutilizados foram recolhidos pela Universidade de Passo Fundo (UPF) durante a campanha Coleta Digital.

Promovida de 17 a 23 de setembro, a iniciativa teve o objetivo de minimizar o dano ambiental decorrente do descarte incorreto de material eletrônico e sensibilizar a comunidade quanto à produção e coleta de lixo eletrônico.

A iniciativa é do curso de Ciência da Computação da UPF, UPF Solidária e Grupo de Estudos e Pesquisa em Inclusão Digital (Gepid).

REPASSE

Todo o material recolhido foi doado para a ONG Agentes do Amor Divino e para o Comitê da Cidadania, que repassou o lixo eletrônico à Otser Gestão de Lixo Eletrônico, de Novo Hamburgo.

O valor arrecadado com a venda dos materiais ficará com as entidades, auxiliando no trabalho social realizado por elas.

Conforme o professor de Ciências da Computação da UPF, Adriano Teixeira, durante a ação alguns fatos chamaram a atenção: a quantidade de resíduos eletrônicos que as pessoas têm em casa e o envolvimento da população na campanha.

“Tal massa de material deixa clara a necessidade de que possamos oferecer novas oportunidades de descarte”, considerou.

Uma nova campanha de Coleta Digital está marcada para os dias 08, 09 e 10 de abril de 2013 durante o 2º Seminário Nacional de Inclusão Digital.

Os materiais foram coletados em quatro pontos: Centro de Convivência UPF, Diretório Central de Estudantes, Diretório Acadêmico da Informática e no estacionamento do Bourbon Shopping.