Estádios terão wi-fi da Ruckus. Foto: divulgação.

A Ruckus Wireless foi a escolhida por um consórcio formado pelas quatro principais operadoras brasileiras - Claro, Oi, Telefónica e TIM - para fornecer tecnologia de Smart Wi-Fi para dois estádios da Copa de 2014: o Mané Garrincha, em Brasília, e a Fonte Nova, em Salvador.

O serviço abrange a disponibilização do sinal em áreas internas e externas dos estádios, em um projeto que envolverá a instalação de cerca de 360 pontos de acesso. Em Brasília, onde o estádio tem capacidade de 71 mil, estão previstos mais de 200 pontos. O restante vai para Salvador, onde a lotação é de 50 mil.

A Comba Telecom, especializada em serviços sem fio e de infraestrutura para empresas e operadoras móveis, vai implementar, operar e administrar a infraestrutura de Smart Wi-Fi da Ruckus em nome do consórcio.

Segundo destaca a Ruckus, as instalações de Smart Wi-Fi em estádios brasileiros são mais uma prova do imenso crescimento do Wi-Fi na região.

De acordo com um recente relatório do IDC, a América Latina teve um crescimento de 38,8% no segundo trimestre de 2013, o maior crescimento do mundo em comparação com outras regiões.

A adoção dos pontos de Wi-Fi dentro dos estádios também é uma forma de aliviar o pico de acessos 3G e 4G que ocorrerá em dias de jogos, melhorando a qualidade de conexão nos estádios e desafogando o sinal de internet móvel nas regiões próximas ao local.

Segundo um acordo feito pelas operadoras e FIFA, durante os jogos da Copa do Mundo, os doze estádios da competição terão Wi-FI grátis para os espectadores, em uma infraestrutura compartilhada entre as operadoras e um investimento de cerca de R$ 100 milhões.