O investimento tem relação com os planos do Governo de modernização do controle do tráfego aéreo. Foto: hxdyl/Shutterstock.com

A Indra assinou um contrato de R$ 54 milhões com a Infraero para fazer a implementação de 24 estações terrestres de rádio ajudas chamadas DVOR / DME (Doppler VHF Omni Radio / Distance Measuring Equipment) a serem instaladas por todo o país.

Com as novas estações, os pilotos passarão a contar com uma rede mais ampla de sistemas de transmissão em alta frequência (VHF), destinados a apoiá-los na determinação exata de suas posições geográficas a cada momento. 

O investimento realizado pela Infraero para incrementar a infraestrutura de apoio à navegação aérea tem relação com os planos do Governo de modernização do controle do tráfego aéreo e dos aeroportos brasileiros.

As 24 novas estações serão instaladas nas seguintes posições: Belo Horizonte/Pampulha, Montes Claros e Uberaba, em Minas Gerais; Campinas e Presidente Prudente, em São Paulo; Alta Floresta e Barra do Garças, no Mato Grosso; Paulo Afonso, Bom Jesus da Lapa e Caravelas, na Bahia; Tucuruí, Marabá, Santarém e Altamira, no Pará; Mossoró, no Rio Grande do Norte; Campina Grande, na Paraíba; Londrina, no Paraná; Navegantes, em Santa Catarina; Cruzeiro do Sul, no Acre; Porto Nacional, no Tocantins; Tefé, no Amazonas; Carolina e Imperatriz, no Maranhão; e Bagé, no Rio Grande do Sul. 

A Indra fornece sistemas de gestão de tráfego aéreo (ATM) em todo o mundo, com mais de 3 mil instalações em mais de 140 países.

No Brasil a multinacional foi responsável pelo projeto de fornecimento, instalação, treinamento e comissionamento dos sistemas de gestão automatizada da torre de controle do novo aeroporto internacional de São Gonçalo do Amarante – RN, que iniciou sua operação em maio deste ano.

Entre os contratos fechados pela empresa em 2014 estão um com Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por R$ 11,7 milhões; um com o metrô de São Paulo, por  € 1,4 milhão; e outro com a Companhia Energética de Brasília, por R$ 23 milhões.

A Indra está presente no Brasil desde 1996 e conta atualmente com uma equipe de mais de 7,5 mil profissionais.