Águas de São Pedro é o segundo menor município brasileiro em extensão territorial. Foto: Eduardo Shiroma.

A Telefonica Vivo está construindo um projeto piloto para tornar Águas de São Pedro, uma pequena cidade turística do interior paulista, na primeira cidade digital do país. A partir da modernização da infraestrutura de telecomunicações da cidade, soluções digitais serão criadas para auxiliar na educação, saúde, turismo e espaços públicos, além da oferta de altas velocidades de banda larga. A ISPM vai participar do projeto fornecendo a gestão dos serviços que serão utilizados na cidade. 

Totalizando um investimento de mais de R$ 2 milhões, o projeto vai gerar benefícios como a iluminação inteligente. Com o acendimento ou o controle de intensidade regulados a partir da real necessidade do ambiente, o desperdício será quase zero. 

Outro exemplo é o estacionamento inteligente, que informará quais vagas estão disponíveis, proporcionando maior conforto aos cidadãos e turistas, além de economia de combustível.

Mais soluções digitais estarão contempladas, como o monitoramento inteligente de vigilância, o agendamento de consultas e o acompanhamento da evolução clínica dos pacientes via web. 

A ISPM será responsável pelo suporte técnico e pela manutenção de mais de 400 equipamentos remotos utilizados pelas equipes de saúde e educação. 

Além disso, será responsável pela gestão de níveis de serviços por meio da mensuração de usabilidade e conectividade, usando sua plataforma NetVision.

A gestão de usabilidade consistirá da avaliação do nível de uso dos equipamentos e da gestão proativa de problemas através de monitoração em tempo real. 

Já a gestão de conectividade será feita através do monitoramento da qualidade de rede e do sinal Wi-Fi, acompanhamento do nível de serviço e gestão proativa de problemas.

Também será utilizada a equipe ISPM de atendimento online, que estará disponível para suporte técnico remoto, gestão e resolução de problemas.

Águas de São Pedro fica no interior do estado de São Paulo, a 187 km da capital do estado. Com uma área de 5,54 km², é o menor município paulista e o segundo menor município brasileiro em extensão territorial. Em 2010, o IBGE divulgou que a sua população era de 2.707 habitantes.