Marília Rocca.

A Totvs anunciou quatro novos canais para o Fluig, plataforma de produtividade e colaboração para gestão de processos, documentos e identidades da companhia.

Com as novas parceiras, o programa atinge 24 participantes no país. As novas companhias foram adicionadas pouco mais de um mês depois da Totvs anunciar uma reformulação nas parcerias do Fluig.

O foco é por parceiros com especialização em segmentos e nichos, o que está acontecendo até agora.

A RCT Retail é uma software house sediada em Alphaville, São Paulo, especializada em soluções para o varejo, atendendo cerca de 70 clientes, incluindo nomes como Leroy Merlin, Casa & Video e Tenda Atacado.

A escolha por esse canal se deu pela possibilidade de complementar o leque de soluções usando o recurso de gerenciamento de processos de negócio do Fluig com as atuais funcionalidades do ERP da Titan. 

Outro canal cadastrado é a fábrica de software paulista On Top Technologies, que usará o Fluig como plataforma para desenvolver projetos para os seu clientes, otimizando o tempo de entrega.

A Smart Moving Systems startup integradora de tecnologia com ampla experiência em automação, RFID e sistemas multinacionais, como SAP e soluções de comércio exterior, foi escolhido como canal fluig para a região de Campinas. 

O quarto parceiro é a Telos, uma consultoria especializada em gestão, sobre a qual a reportagem do Baguete não conseguiu maiores informações.

“O Fluig é uma solução moderna ao permitir integração com qualquer sistema de mercado. Permite ao parceiro um diferencial no portfólio e uma alternativa aos serviços tradicionais em sistemas transacionais e plataformas não integradas”, destaca Marilia Rocca, Chief Cloud and Plataforms Officer da Totvs.

De acordo com a Totvs, os canais recebem ainda remunerações pelo setup do Fluig com comissões “acima do mercado” e e ganhos recorrentes com a mensalidade.

A Totvs não chegou a divulgar uma meta de captação de parceiros para o chamado EcoFluig, o canal indireto do Fluig.

Na primeira versão do programa de canais, lançada em março de 2014, a Totvs divulgou uma meta de chegar ao final do ano com 35 canais para o Fluig.

Em junho deste ano, o número era 25, caindo depois para 18 com o corte de alguns parceiros e chegando agora a 24.

Não é possível saber quem entrou e quem saiu do programa, porque a Totvs nunca divulgou uma lista completa dos parceiros, fazendo mistério devido ao fato que alguns deles teriam contratos com concorrentes.

As empresas dessa última formada são nomes de porte menor, parecido com os de outros parceiros já divulgados como a software house Escriba, especializada em softwares para gestão de cartórios notariais e registrais, localizada em Curitiba, e a IVTS, revenda paulista com 15 anos de experiência no mercado de ERP e CRM. 

Mas o canal do Fluig também conta com artilharia mais pesada.Os maiores parceiros divulgados pela Totvs até agora são a Konica Minolta, gigante japonesa de impressoras; a Resource, integradora brasileira que é parceira também da SAP e a PC Sistemas, empresas de sistemas de gestão para o mercado atacadista que foi adquirida pela Totvs. 

Atualmente, o Fluig conta com 500 mil usuários em 400 empresas. O Ecofluig foi responsável pela venda de mais de 20 mil identidades no primeiro semestre de 2015 e trouxe 15% dos novos clientes da plataforma neste período. 

O grosso das vendas, no entanto, ainda vem diretamente pela Totvs, por meio das suas 52 franquias e da loja online.

A Totvs faz uma aposta sobre o futuro da companhia no Fluig. Em 2013, a empresa tomou um grande empréstimo junto ao BNDES, no total de R$ 658 milhões, dos quais R$ 58,4 milhões seriam investidos na ferramenta.

Laércio Cosentino, presidente da Totvs, já disse publicamente em algumas ocasiões que o produto como como uma maneira de “cortar gordura do ERP” e “transferir funcionalidades para uma nova plataforma aberta e na nuvem”.

Além de oferecer um caminho para a Totvs integrar os diferentes sistemas de gestão da companhia adquiridos ao longo dos últimos anos, o software também abre a mesma porta para a base da concorrência, o que pode representar uma nova fonte de receita. 

No total, 20% dos clientes da plataforma não são clientes ativos da Totvs.