Universitários brasileiros conferem lista do vestibular.

A carioca Universidade Veiga de Almeida (UVA) e a baiana Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge) estão implementando o sistema de gestão da SAP. 

O projeto está sendo conduzido por profissionais da Ilumno, rede latino americana de universidades da qual as instituições brasileiras fazem parte, com consultoria da consultoria SAP paulista Blend IT.

Também foi contratada a Sonda TI, cujos softwares cuidarão da parte fiscal, incluindo NFS-e, Inbound NF-e, e eSocial, Apuração, ECD, ECF e EFD.

A implementação em curso é um roll out do sistema implantado na Universidade Politécnico Grancolombiano da Colômbia.

As instituições tem todas um tamanho similar. O Politécnico tem 30 mil alunos, enquanto o UVA tem 23 mil e o Unijorge 25 mil.

Os desafios devem ser maiores, no entanto. A começar pela falta de referências nacionais. 

A Unisul, universidade de cerca de 30 mil alunos sediada em Tubarão, em Santa Catarina, é o único case nacional conhecido de instituição de ensino superior usuária de SAP.

Outros players multinacionais não se saem muito melhor. A Oracle também só tem um cliente conhecido do Peoplesoft, seu produto de gestão para ensino: a Anhanguera, gigante brasileira do setor.

A Unisinos, sediada em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, com 23 mil alunos, chegou a implementar o Peoplesoft, mas acabou trocando o software pelo RM, da Totvs.

A grande maioria das instituições de ensino superior brasileiro usa sistemas desenvolvidos internamente para atender á área acadêmica, com soluções de mercado, principalmente da Totvs, focadas na gestão de backoffice.

O problema com a implementação de soluções de multinacionais é que a compra de um curso no ensino superior no Brasil é bastante diferente de outros países.

Enquanto aqui há uma maior flexibilidade de comercialização, ao redor do mundo há apenas três formas: semestral, anual ou total. O método de pagamento diferente leva a necessidades diferentes na emissão de boletos e organização das turmas, por exemplo.

Mantida pela gigante americana de educação Whitney, a Ilumno funciona como uma espécie de centro de serviços compartilhados para as 14 universidades participantes, que totalizam 300 mil estudantes. 

Na área de tecnologia, são oferecidas soluções da Canvas, para área acadêmica; Microsoft, para o comercial e SAP para financeiro.