O sistema poderá ser integrado ao iTunes e utilizar leitor biométrico do iPhone. Foto: flickr.com/photos/camillomiller

Ainda em fase inicial, o futuro empreendimento da Apple pode ser um novo sistema de pagamento móvel próprio. Segundo fontes do The Wall Street Journal, a futura tecnologia permitirá o pagamento pelo celular.

Ainda sem previsões de anúncio nem lançamento, a ideia do novo protótipo seria reduzir as fraudes nas compras. Um executivo do setor acredita que a empresa pode vir a utilizar o leitor de impressões digitais do iPhone antes de concluir uma compra online.

Na última semana, Eddy Cue, chefe da App Store e iTunes, reuniu-se com executivos da indústria do comério para discutir o interesse da Apple em implantar pagamentos de bens e serviços físicos através de seus dispositivos.

Outro sinal de interesse na criação da tecnologia é a mudança da executiva Jennifer Bailey, antes responsável pela App Store, que assumiu um novo papel. Jennifer é responsável por desenvolver uma tecnologia relacionada a pagamento dentro da empresa.

É provável que o futuro mecanismo funcione com o iTunes. O serviço já possui uma plataforma de pagamento próprio de filmes, livros e músicas, o que pode facilitar no desenvolvimento do sistema de pagamento móvel.

Se a Apple realmente lançar esse serviço, entrará em um mercado que promete crescer cada dia mais. Estimativas apontam que somente os americanos vão gastar US$ 90 bilhões com pagamentos móveis em 2017, ante os US$ 12,8 bilhões de 2012.