Os aparelhos móveis foram os principais responsáveis pela melhora nos resultados. Foto: flickr.com/photos/johnkarakatsanis.

A LG reduziu 46,3% de seu prejuízo em 2013, com 189,1 bilhões de wons, ou seja, US$ 175 milhões. Dessa forma, a receita líquida elevou 10,4% ao atingir US$ 25,98 bilhões. 

No quarto trimestre de 2013, a companhia diminuiu o prejuízo líquido em 86,6%, quando comparado ao mesmo período do ano anterior, com cerca de US$ 58,8 milhões, de acordo com o Valor

Enquanto isso, a receita líquida apresentou uma pequena alta de 0,8%, fechando com US$ 13,8 bilhões. 

Os aparelhos móveis foram os principais responsáveis pela melhora nos resultados. O faturamento dessa linha subiu 27,7% ao atingir US$ 3,32 bilhões.

Para a fabricante, esse aumento está relacionado às ações de marketing e competição de preços de smartphones e celulares no mercado. 

O segmento de entretenimento domiciliar – televisores, DVDs, etc – somou US$ 5,49 bilhões, uma queda de 6% do quarto trimestre de 2012. 

Também com recuos, a divisão de eletrodomésticos teve baixa de 4%, registrando US$ 2,63 bilhões.

A LG teve queda de 0,5% dos custos entre outubro e dezembro, com US$ 10,74 bilhões. Porém, as despesas gerais e administrativas aumentaram 1,8% para US$ 2,84 bilhões.

O Ebitda saltou 27%, com US$ 670 milhões.

Para 2014, a companhia espera uma melhora na venda de TVs de LCD para preencher a queda da demanda de LED. A expectativa para os celulares é o lançamento de novos produtos para acompanhar o crescimento do LTE, serviço de alta velocidade das operadoras.