Ricardo Berzoini, ministro das Comunicações. Foto: Herivelto Batista.

Foi inaugurado nesta sexta-feira, 27, um novo laboratório de provas de aplicativos da Qualcomm. O projeto é uma parceria do governo federal e do governo de Pernambuco, com apoio da companhia norte-americana. O acordo prevê o repasse de R$ 7 milhões para a estruturação, gestão e sustentabilidade de oficinas, estúdios e laboratórios.

O laboratório de provas de apps faz parte do programa APL Conteúdos, um programa do Ministério das Comunicações para incentivar a criação de centros de produção e pós-produção de conteúdos digitais criativos. 

No laboratório, desenvolvedores, estudantes e empresas poderão levar seus aplicativos e submetê-los a uma série de provas com padrões mundiais. 

O MiniCom financiou a compra dos equipamentos do laboratório. Já o governo de Pernambuco ofereceu a infraestrutura para instalação. A empresa Qualcomm será responsável pela oferta do programa de bolsas, capacitação de profissionais, treinamentos e workshops.

"Para o Brasil, é importante que a nós tenhamos tecnologia em todo o território nacional. A existência do Porto Digital em Pernambuco facilita esse tipo de parceria e por isso esse foi um dos estados que primeiro receberam esse tipo de convênio", disse Ricardo Berzoini, ministro das Comunicações.

Novas parcerias semelhantes devem ser feitas em outras regiões do Brasil, garantiu o ministro.

A Qualcomm já conta com outros projetos com o governo.

No ano passado, a empresa assinou dois Memorandos de Entendimento (MoU), em que suas subsidiárias Qualcomm Serviços e Qualcomm Technologies colaborarão com o governo no desenvolvimento de semicondutores de alto desempenho.

Esses MoUs, representados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), pelo Ministério das Comunicações (MC) e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), visam a apoiar a o país no desenvolvimento do conhecimento de alta tecnologia, capital humano e o ecossistema da indústria no Brasil.