Os sócios da Novo Currículo são Diego Gomes, Gabriel Ayusso e Douglas Martins. Foto: Divulgação.

Para ajudar os candidatos a empregos a não serem eliminados só pela aparência ou falta de organização do currículo, acaba de entrar no ar a Novo Currículo.

A ferramenta gera automaticamente um CV estruturado e com design atrativo a partir de informações fornecidas pelo usuário em sua conta do LinkedIn ou inseridas no sistema do site.

Há quatro meses no ar, o Novo Currículo já gerou 25 mil documentos. A meta da empresa é fechar 2015 com 100 mil currículos produzidos.

Na versão gratuita, a plataforma possui três modelos para o usuário escolher e não permite modificações posteriores. Na paga, que tem custo único de R$ 17,90, são sete opções para customizar o CV e 30 dias para fazer alterações nas informações. 

A cada mês, novos modelos de currículos são publicados. 

“A ideia do design dos documentos é que sejam bonitos, organizados e elegantes, mas sem exageros”, afirma Diego Gomes, fundador da empresa.

Segundo ele, os modelos contam com uma primeira página que reúne resumo acadêmico e de experiência, contato do candidato e principais habilidades. A segunda página aprofunda o histórico profissional e os conhecimentos.

“Também há opções para pessoas com menos experiência, por exemplo, que podem inserir todas as informações em uma mesma página”, relata Gomes.

Hoje, 75% dos currículos criados no site utilizam informações do LinkedIn. O restante é criado diretamente no sistema do Novo Currículo, com a inserção de todos os dados necessários.

“Mesmo que hoje cargos de direção e alta gerência levem muito em conta indicações e portfólios - em algumas áreas - qualquer outro cargo tem o currículo como primeira impressão, e às vezes o recrutador olha por apenas 6 segundos cada documento. Nesse caso, uma boa apresentação pode ser uma forma de atrair o contratante”, relata Gomes.

A empresa oferece dois outros serviços para quem quer aperfeiçoar o CV: a revisão de currículo, que verifica ortografia, pontuação, vocabulário e conteúdo do documento; e a pré-entrevista por Skype, que faz uma simulação para verificar o desempenho do candidato.

“Temos oito consultores que cobrem aproximadamente 25 áreas específicas de conhecimento. Além da entrevista ser feita por um deles, outros dois assistem ao vídeo da conversa para que o usuário tenha mais de uma opinião. Eles avaliam quesitos como dicção, apresentação, linguagem e pontualidade”, explica.

Os dois serviços custam a partir de R$ 79.

Hoje o faturamento da empresa vem 90% da geração de CVs e 10% dos dois serviços adicionais. Para Gomes, o ideal seria que a divisão ficasse em 70% e 30%. Ele acredita que esse número será alcançado com o crescimento da empresa.

Em maio, o negócio vai ser expandido para os EUA, com versões do site em inglês e espanhol. A empresa investirá em desenvolvimento de marketing especializado no mercado americano.

Os sócios da empresa são Diego Gomes, Gabriel Ayusso e Douglas Martins.

Gomes é coordenador de Planejamento Estratégico do Citigroup e teve uma passagem pela Totvs. Ayusso também trabalha no Citi, como Analista de Projetos. Ele já passou por Totvs e DTS Consulting. Martins é Creative Director na e4 comunicação e marketing e já foi designer gráfico na BWCA.