Aldo Luiz Mees, diretor-presidente da IPM. Foto: Divulgação.

A IPM Sistemas desenvolveu o aplicativo App Atende.Net para a emissão do carnê do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de Rio do Sul, cidade catarinense do Alto Vale do Itajaí. 

Os proprietários de imóveis que optarem por emitir o carnê por meio do app ficarão isentos da taxa de impressão do documento, de R$ 14. 

A ferramenta também permite, a partir da tela do smartphone, emitir uma guia para pagamento em cota única ou parcelar o recolhimento do tributo.

Conectado à nuvem da prefeitura, o sistema busca a existência de débitos tributários e informa o cidadão da existência deles por meio de notificações. A partir daí, é possível selecionar a modalidade de pagamento — se cota única ou parcelado - , copiar o código de barras e inseri-lo no aplicativo do banco. 

Também é possível fazer o download do carnê em PDF ou enviá-lo por e-mail para quitação posterior.

O aplicativo é o primeiro integrado ao sistema de gestão pública de prefeituras do país. Desenvolvido pela IPM Sistemas, especialista no desenvolvimento de soluções para a gestão pública baseadas na computação em nuvem, o sistema já conta com o cadastro de mais de 1,5 mil pessoas.

Para Aldo Luiz Mees, diretor-presidente da IPM, o IPTU digital poderá extinguir os carnês físicos e os gastos com os Correios no futuro. 

Somente em 2017, foram emitidos 24 mil carnês do imposto de 2018. 

“Esperamos que daqui para frente mais municípios ofereçam essa facilidade aos cidadãos, que otimiza a gestão e a aproxima do contribuinte”, diz.

A IPM Sistemas atua há 20 anos no desenvolvimento de soluções destinadas à gestão pública. A empresa, com sede em Florianópolis, conta com aproximadamente 300 profissionais.