A nova empresa irá operar com a marca SumUp. Foto: Divulgação.

As empresas de pagamentos móveis SumUP e Payleven firmaram um acordo de fusão. 

Os acionistas das duas empresas aprovaram a transação e continuarão a compor o quadro de investidores do novo player, que irá operar com a marca SumUp e contará com uma base superior a 1 milhão de usuários em 15 países.

“O anúncio de hoje é um divisor de águas para a indústria de pagamentos móveis. É mais um passo para entregarmos nossa visão de criar a primeira empresa global de aceitação de cartões. Nós não poderíamos pensar em melhor parceiro para este passo que a Payleven, com sua força de vendas comprovada. Unidos, nos posicionamos entre os 3 maiores facilitadores de pagamentos no Brasil”, analisa Igor Marchesini, Co-CEO da SumUp.

A nova SumUp ressalta que os clientes atuais de Payleven e SumUp não serão afetados pela transação, já que os produtos e serviços das duas empresas continuarão a existir.

“Somos dois times complementares que compartilham a mesma visão de ser líder global de pagamentos móveis e democratizar a aceitação de cartão. Ao unir forças, passamos a ter 260 mil microempreendedores e profissionais liberais aceitando cartão no Brasil, em mais de 2,7 mil cidades”, completa Adriana Barbosa, fundadora da payleven e futura Co-CEO do SumUp.

A SumUp foi fundada em 2011, na Alemanha, e está presente em 15 países, incluindo os principais mercados europeus, o Brasil e, recentemente, os Estados Unidos. A empresa está no Brasil desde 2013 e tem entre seus investidores o banco espanhol BBVA, o Groupon e fundos de Venture Capital da Europa.

A Payleven está presente em mais de dez países - como Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Holanda e Itália- e foi fundada em 2012. Há cerca de dois anos, a empresa anunciou a fusão com a OnePay, serviço de recarga para celular pré-pago e pagamentos eletrônicos do grupo Bandeirantes de Comunicação. Com isso, a Payleven incorporou todas as operações da OnePay.