Kleber Bonadia, diretor de tecnologia da Flex. Foto: Divulgação.

A Flex, empresa catarinense com foco em contact center e gestão de crédito e cobrança, investiu cerca de R$ 5 milhões para fundar o xLab, seu laboratório de inovação. 

O xLab tem como foco principal o desenvolvimento de novos produtos e soluções, a busca constante de eficiência operacional e o investimento em educação, pesquisa e big data e analytics.

O valor investido foi destinado a infraestrutura, pessoas, integrações e novos projetos. O laboratório está localizado no Centro de Inovação da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE), em Florianópolis, juntamente com 30 outras empresas de TI e startups. 

A equipe do xLab é formada inicialmente por cerca de 10 profissionais, oriundos das áreas de operações, estratégia, tecnologia, marketing e gestão de projetos, que desenvolvem soluções e produtos com a parceira de fornecedores e clientes. 

O plano da Flex é aproveitar a localização do laboratório para promover a troca de experiências e colaboração em projetos entre o time do xLab e as empresas de tecnologia, startups e serviços próximos. 

“Nossa filosofia é investir para incentivar o desenvolvimento de novas soluções e tecnologias que visem melhorar processos e garantir resultados para todos os stakeholders da cadeia de gestão de relacionamentos. O xLab amplia o protagonismo da Flex na adoção de processos e tecnologias inovadoras”, explica Topázio Silveira Neto, presidente da Flex.

Desde o início de 2016, a Flex desenvolve projetos com ênfase nas características e hábitos de interação dos integrantes das gerações Y e Z. A partir do trabalho do laboratório, a empresa busca seguir diminuindo o uso de voz (ligações telefônicas) no relacionamento entre empresas e clientes, focando em outros formatos de atendimento, como as redes sociais.

“O trabalho do xLab é focado em soluções que sigam a tendência de atendimento omni-channel, que enxerga o mesmo cliente em diferentes formas de comunicação, sem perder informações sobre o atendimento”, relata Kleber Bonadia, diretor de tecnologia da Flex, que lidera o laboratório.

As ferramentas desenvolvidas pela Flex são focadas no uso interno para atendimento, mas poderão ter partes disponibilizadas para uso por parte dos clientes finais de empresas atendidas pela Flex.

Fundada em 2009 em Florianópolis, a Flex atua na gestão de relacionamentos, prestando serviços para cerca de 50 clientes em segmentos como varejo, indústria e financeiro. 

A empresa emprega mais de 12 mil profissionais e possui quatro unidades em Florianópolis, duas em Lages, uma em Xanxerê e cinco unidades em São Paulo.