Jorge Paulo Lemann. Foto: Divulgação.

A Fundação Lemann adotou o Canvas, sistema aberto de gestão de aprendizagem online (LMS) da Instructure, para oferecer formação aos professores e gestores em todo o Brasil.

Criada em 2002 por Jorge Paulo Lemann, a Fundação escolheu a plataforma educacional Canvas para ajudar a apoiar os seus programas de formação de professores, que consiste em uma das estratégias que a instituição aplica para melhorar a educação pública no país. 

O programa “Inovação nas Escolas”, por exemplo, busca proporcionar uma melhor experiência educacional por meio da adoção de tecnologias. O projeto oferece suporte aos professores para que eles utilizem esses recursos com sucesso.

Já o “Gestão para a Aprendizagem” é voltado para a melhoria da gestão de salas de aula, formação pedagógica e práticas de acompanhamento da aprendizagem para profissionais da educação e gestores de escolas.

“Escolhemos o Canvas para nos ajudar a fornecer desenvolvimento profissional a mais de 8 mil professores e gestores de escolas pela interface de fácil navegação que oferece aos usuários. Como o Canvas é uma plataforma aberta, podemos escolher várias ferramentas educacionais e facilmente integrá-las com outras LTIs (Interoperabilidade das Ferramentas de Aprendizagem). Isso significa que a plataforma dá o suporte à metodologia pedagógica que desejamos", diz Guilherme Antunes, gerente de projetos da Fundação Lemann.

Por ser uma solução em nuvem, Canvas pode ser acessado a partir de qualquer lugar ou momento, o que permite que a Fundação Lemann atenda professores e gestores distantes das grandes cidades. 

A Instructure conecta milhões de professores e alunos em mais de 2 mil instituições de ensino e empresas em todo o mundo. 

No Brasil, o Canvas LMS também é utilizado por instituições como Universidade Veiga de Almeida (RJ), Unijorge (BA), Grupo Unità Educacional (SP) e Escola Móbile (SP).