A ServiceNow acaba de certificar o seu primeiro parceiro brasileiro, a Organize Information. Foto: Divulgação.

A ServiceNow acaba de certificar o seu primeiro parceiro brasileiro, a paulista Organize Information, com o nível bronze do seu programa de canais.

Presente por aqui desde 2012, a ServiceNow tem 20 canais no país, mas até agora eles se dividiam em empresas locais na categoria de entrada do programa, e grandes parceiros globais como Accenture, Deloitte e IBM nos níveis superiores.

Fundada em 2014 por Leandro Torres, ex-diretor de operações e sócio da Service IT, a Organize foi uma das primeiras companhias brasileiras a apostar na tecnologia da multinacional americana.

Hoje a empresa tem 22 profissionais focados nesse mercado e afirma ser a única na América Latina com colaboradores certificados em desenvolvimento de aplicações na plataforma.

“Sempre me incomodou o valor excessivo que se dá para a área comercial das empresas, e eu penso diferente. Temos que dar valor primeiro para a equipe de delivery, com eles satisfeitos, conseguimos encantar o cliente, e com isso fazer vendas recorrentes”, afirma Torres.

A Organize funciona 100% no modelo home-office, com escritórios em espaços de coworking e o trabalho sendo organizado através da plataforma da ServiceNow desde a parte de relacionamento com clientes até metas, marketing e base de conhecimento.

A entrega dos serviços é feito com a metodologia SAIF da ServiceNow, baseada em métodos ágeis, com visitas nos clientes no começo e final dos projetos.

A Organize já fez 43 implantações da plataforma da ServiceNow, que começou como um produto na nuvem de gerenciamento de serviços de TI, mas tem cada vez mais expandido sua entrada em outros mercados.

 

A lista de clientes inclui nomes como Banco Toyota, Febraban, Equinix, TV Globo, Saint-Gobain, Hidrovias, Unicred, Magazine Luiza, Multiplus, entre outros.

O faturamento no ano passado foi de 2,5 vezes o registrado no ano anterior e neste ano a empresa já fechou no primeiro semestre 70% desse valor.

“A Organize faz parte do nosso organismo de parceiros praticamente desde o início da operação no país e sempre empenhou investimento e dedicação de todo o time para alcançar esse reconhecimento”, afirma Marcus Santos, diretor de Canais da ServiceNow no Brasil. 

O avanço de canais locais é um passo importante para a ServiceNow, que começou a  incrementar seu perfil no país em 2015, quando contratou Katia Ortiz, ex-iBM, para a posição de country manager no país. 

A companhia está ganhando espaço no mercado de corporate do país. Recentemente, o Baguete revelou com exclusividade que a Gerdau   trocou o software da CA pela solução da ServiceNow.

No começo de 2016, a companhia tornou-se a segunda companhia no modelo de software como serviço a cruzar a barreira do US$ 1 bilhão de faturamento, depois da SalesForce. As previsões falam em chegar a US$ 4 bilhões em 2020.

Dos mais de 3 mil clientes da empresa, 230 deles são contas de US$ 1 milhão anual, sinalizando grandes implantações.