Empresas brasileiras ouvindo o chamado do Tio Sam. Foto: flickr.com/photos/@N02

A Hive Digital Media, desenvolvedora brasileira de games, promoção online e social media, anunciou a abertura de um escritório em São Francisco, nos Estados Unidos, para exportar suas criações a outros países.

Com a nova unidade, a agência paulista, com seis anos de funcionamento, pretende fechar o ano de 2012 com faturamento de R$ 10 milhões, 40% superior ao do ano passado.

O escritório nos Estados Unidos terá como foco o desenvolvimento de negócios e planejamento. Toda a parte de criação e produção continuará na sede brasileira.

Para a abertura da unidade, que contará com seis profissionais – um brasileiro e cinco norte-americanos -, foram investidos R$ 1,8 milhão. Segundo estimativas da empresa, a meta é faturar R$ 4 milhões logo no primeiro ano de atuação.

A decisão de abrir o escritório na Califórnia veio da oportunidade de explorar o mercado internacional com as plataformas interativas de experiência de marca e games que a Hive oferece no Brasil.

No Brasil, a Hive já desenvolveu games online para a empresas como a Ambev, Casas Bahia, Cisco, LG, Microsoft, entre outros.

No início do ano, em pesquisa realizada pela ACIGames, a Hive foi apontada como a desenvolvedora de games que mais faturou no país.

De acordo com Mitikazu Lisboa, CEO da Hive, o mercado de games no Brasil é pequeno comparado ao volume mundial, porém, a agência quer competir com as empresas internacionais.

“O objetivo é publicar os nossos títulos já existentes e conquistar grandes marcas para desenvolvimento de games”, explica Lisboa.

Para comandar a equipe de São Francisco, a Hive contratou o brasileiro Jorge Filho, que atuará como diretor de Negócios.

Ele atua no mercado norte-americano há seis anos, aonde trabalhou nos projetos do Second Life, e mais recentemente, na Hoplon Infotainment.

“Estamos conversando com grandes agências e anunciantes. Com o escritório aqui nos Estados Unidos, a Hive terá atuação global, ficando bem mais próxima do mercado europeu e asiático”, conta Jorge Filho.

VIRANDO MODA

Muitas empresas de marketing digital estão fazendo o movimento inverso de muitos estúdios internacionais. Em vez de investir no mercado brasileiro, abrir escritórios no exterior é a maneira de buscar novos mercados e expandir operações.

Na semana passada a empresa de marketing e entretenimento digital Movile anunciou a abertura de um estúdio no Vale do Silício, Califórnia.

Estar nos Estados Unidos e, sobretudo, no Vale do Silício é uma estratégia de a Movile se antecipar às tendências e novidades tecnológicas que chegarão à América Latina, segundo afirma o chefe do escritório da empresa, Eduardo Lins Henrique.