Grasiela Tesser. Foto: divulgação.

A NL, empresa da serra gaúcha especializada em soluções para varejo, firmou um acordo de integração com a japonesa Rakuten, trazendo a plataforma Rakuten Marketplace para o seu software de gestão Cake, voltado a varejistas de micro e pequeno porte.

Com a nova oferta, a companhia planeja estender sua expertise de atendimento além dos clientes físicos, reforçando sua oferta com um produto focado em e-commerce, sediado na nuvem e vendido como serviço (SaaS).

De acordo com a NL, a integração do Cake com o Rakuten MarketPlace entrega recursos para gerenciamento desde a infraestrutura de estoque até a venda ao usuário final, passando por compras, financeiro e outros setores da gestão.

Conforme explica Grasiela Scheid Tesser, gerente de Marketing e Comercial da NL, a empresa ainda não calculou o número de clientes pretendidos com o novo produto, mas estima que agregar a plataforma Rakuten trará um diferencial ao propor o conceito de omnichannel para empresas de menor porte.

"Queremos levar uma solução completa para estes clientes, tanto para os que querem integrar gestão de vendas físicas e online, tanto para aqueles que só operam no e-commerce, uma fatia do mercado que ainda queremos aumentar", afirmou Tesser.

Segundo dados da NL, o trial Beta do Cake, lançado este ano, já foi utilizado por mais de 1 mil MPEs de todo o país. Os planos da oferta integrada terão valor de R$ 99,00 + 15% de transação, na versão Top, até o final deste ano. Com o reforço em e-commerce, a empresa caxiense quer acelerar nos clientes que atuam na web.

Para a Rakuten, a parceria com a NL também é uma forma de fortalecer a marca no país. Para Tesser, a empresa quer ampliar a adesão ao seu marketplace, que atualmente é utilizado por mais de 1 mil lojas virtuais no país.

"Ao unir forças conosco, a Rakuten também quer ter uma atuação mais assertiva na região Sul, onde não tem atuação direta", completou a gerente de marketing da NL.

Somente no Rio Grande do Sul, estado sede do Cake, concentra mais de 75 mil MPEs, de acordo com o Ministério do Trabalho. Nacionalmente, as oportunidades são ainda maiores, tanto para a Rakuten quanto para a NL.

A Confederação Nacional de Comércio (CNC) aponta que o número de micro e pequenas empresas brasileiras, público alvo do Cake, passa dos 9 milhões, sendo responsáveis por 27% do PIB nacional, com salto de R$ 144 bilhões para R$ 599 bilhões nos valores de produção nos últimos dez anos, segundo dados do Sebrae.

A sinergia com a Rakuten é mais um movimento da NL em se cercar com marcas conceituadas no mercado de varejo para reforçar o seu portfólio. Em maio, a companhia se tornou revenda da multinacional dinamarquesa de Business Intelligence Targit, oferecendo as soluções para a sua base de clientes. Por sua vez, a Targit e sua base de revendedores no Brasil irão indicar as soluções da NL a seus clientes.

Conforme explica Tesser, o acordo com a Targit tem foco em companhias de maior porte, atendidas pelo software de gestão NL. Nesta faixa, a empresa gaúcha tem clientes como Lojas Marisa, Grazziotin, Esplanada e Sodexo.

"Nosso acordo com a Rakuten já é mais focado em MPEs e e-commerce. Para os clientes maiores, também temos soluções de comércio eletrônicos, mas com projetos e implementações diferenciadas", completou a executiva.

Com sede em Caxias do Sul e escritório em São Paulo, a NL atende a clientes de todo o país, com uma carteira contendo mais de 25 mil usuários em mais de 9 mil PDVs ativos, com cerca de 180 mil NFs geradas mensalmente. A empresa não divulga números de faturamento.