PROMOVIDO

Souto lidera prática de Financial Services na AWS

27/08/2021 10:17

Executivo foi contratado pela AWS em 2019. Contratos no setor bombam no Brasil.

Guilherme Souto.

Tamanho da fonte: -A+A

Guilherme Souto, executivo de enterprise services da AWS no Brasil, acaba de ser promovido para o cargo de líder da prática global de Financial Services da AWS, passando a ficar baseado na Flórida.

O executivo foi contratado pela AWS em maio de 2019, vindo da DXC, companhia formada pela fusão das operações de serviços de tecnologia da HPE com a americana CSC, onde liderava a área de consultoria digital.

Souto tem ainda passagens pela HPE e HP, onde esteve nove anos, e pela Accenture do Brasil. 

O profissional começou a carreira em 2000 na Quattuor, uma empresa de Porto Alegre que então estava entre as maiores do Rio Grande do Sul.

A promoção de Souto para uma posição desse calibre provavelmente tem que ver com o fato da operação brasileira da AWS estar bombando no segmento financeiro.

No final de 2020, o Itaú, um dos maiores bancos do país, fechou um contrato de 10 anos com a AWS para migrar suas principais plataformas bancárias, soluções de call center, aplicativos bancários on-line e móveis para a AWS.

O projeto inclui tecnologias de analytics, machine learning, serverless, contêineres, banco de dados gerenciado, processamento, armazenamento e segurança.

O contrato do Itaú se soma a uma série de outros de menor porte, como a Digio, plataforma criada pelo Bradesco e pelo Banco do Brasil, e o Fibra, focado em grandes e médias empresas dos setores de agronegócio e corporativo.

Veja também

CAIXA
Sinqia vai captar mais capital

Valor pode atingir até R$ 550 milhões. Empresa já fez 19 aquisições desde 2013.

FARMA
Myralis migra SAP para o Google Cloud

ERP agora está na nuvem, em um projeto feito em três meses pela Santo Digital.

ARRIBA
NA-AT Technologies abre no Brasil

Companhia é líder no mercado de assinatura eletrônica no México.

SEGURANÇA
Lojas Renner: não pagamos hackers

Varejista diz para a CVM que não negociou com responsáveis pelo ataque.

FACES
Unico terá B1 da SAP

Idtech mais badalada (e investida) do país fecha contrato com a Megawork.

CONTAINERS
Original tem infra com Red Hat

OpenShift foi usado para processar o Pix e preparar a próxima fase do open banking.