Eduardo Fagundes com a mão na massa.

Eduardo Fagundes, profissional de vendas com quase 20 anos de experiência no mercado de hosting, decidiu largar do setor de TI. O motivo? Apesar de toda a conversa sobre ausência de profissionais, o mercado paga mal e não valoriza o vendedor.

Desde abril do ano passado, Fagundes está à frente da Porto Pizzas, uma telentrega de pizza com atuação na Zona Sul de Porto Alegre com a qual o executivo espera em breve bater de longe as últimas propostas recebidas por empresas do setor de hosting.

"Entregando 90 pizzas por dia dá para faturar limpo bem mais, o dobro ou o triplo do que ele ganhava com vendas na TI", projeta Fagundes. “Eu cansei de receber propostas furadas, de acordos do tipo finjo que pago e tu finge que trabalha”, fulmina.

Fagundes tem uma lista de propostas furadas recebidas após a saída da Datadrome – empresa gaúcha de hosting adquirida pela Telium em setembro de 2011 na qual ele era responsável pelo comercial – incluindo desde ofertas simplesmente ruins até não ofertas do tipo “pagamos por uma comissão a definir depois”.

Mesmo o modelo de comissionamento com salário fixo baixo, na faixa dos R$ 1 mil, pode acabar parecendo demais para alguns empregadores, aponta Fagundes.

“Espera tua comissão chegar na faixa dos R$ 10 mil mês. Não importa quanto faturamento bruto isso signifique, muitas empresas não vão querer pagar”, avalia o empresário.

Para Fagundes, o verdadeiro problema é que por mais que digam que valorizam um profissional com networking próprio e capacidade de produzir resultados, muitos empresários da área de TI não estão dispostos a pagar o que isso vale.

“No fundo, o pessoal acha que qualquer um pode fazer e acabam contratando qualquer um”, resume  o executivo.

No comando de uma equipe de cinco profissionais contratados mais três motoboys da Porto Pizzas, Fagundes tem planos de aplicar um modelo de remuneração menos pão duro.

“Eu estabeleci um valor de faturamento diário acima do qual o dinheiro vai para um caixa a ser distribuído na equipe”, comenta Fagundes.

O ex-vendedor de hosting também se esforça para manter o cuidado no contato com os clientes pelo qual ficou conhecido no mercado de TI, mantendo contato direto com os consumidores em busca de feedback sobre as pizzas.