Arthur Furlan e Felipe Tomaz, fundadores da Configr.

A Configr, brasiliense que atua no segmento de cloud hosting, recebeu um aporte de R$ 4 milhões em rodada liderada pela Invest Tech com participação da KPTL, GVAngels e Garan Ventures.

Fundada em 2013, a Configr nasceu após Arthur Furlan e Felipe Tomaz notarem uma limitação por parte de diversas pequenas e médias empresas (PMEs) para rodar negócios on-line.

"As companhias precisavam ter ou muito conhecimento técnico sobre infraestrutura ou muita capacidade de investimento para contratar uma equipe de TI específica que o tivesse”, conta Furlan. 

Eles desenvolveram, então, um sistema de automação da configuração e gerenciamento de ambientes em nuvem, com robôs que executam automaticamente todas as demandas técnicas necessárias para contratar, instalar, configurar, gerenciar e monitorar mais de 60 tipos diferentes das principais aplicações.

A proposta consiste em oferecer o mesmo benefício de um servidor na nuvem gerenciado por equipes de profissionais em TI, porém com um preço e demanda técnica compatível às limitações naturais das PMEs.

Segundo a empresa, ela disponibiliza em questão de minutos um ambiente digital que uma equipe especializada levaria até 18h para criar, além de substituir o cloud gerenciado, cujo investimento médio gira a partir de R$ 5 mil.

Apostando em um novo modelo, a Configr cresceu cerca de 12 vezes nos últimos dois anos. O novo sistema já representa quase 60% das vendas da companhia. 

Em 2017, a startup já havia recebido um aporte de R$ 50 mil da Cedro Capital em rodada série A.

Com o novo investimento, a Configr pretende apostar na evolução do produto e crescimento comercial, com busca de ampliação da base de clientes. A equipe, que hoje conta com 21 colaboradores, deve triplicar em um prazo de 12 meses.

“A Configr permite que negócios menores migrem para a nuvem de uma forma simples, e acreditamos que seu crescimento será acelerado com a estratégia de canais, que está sendo implementada com esse aporte", enfatiza Mauricio Lima, CEO da Invest Tech.

Esse foi o segundo investimento da Invest Tech no segmento de cloud. O primeiro foi na Sky.One que, segundo a empresa, segue apresentando um alto crescimento desde 2018.

Com mais de 15 anos de atuação, a Invest Tech tem injetado entre R$ 1 milhão e R$ 3 milhões em rodadas iniciais para formar um portfólio de até 15 startups, incluindo, além da Configr, as já investidas LogComex, ClipEscola, Skore e Dattos.