Margaret Tse, uma das coordenadoras do projeto de excelência em pós-graduação de TI. Foto: divulgação

Federasul, Ufrgs, PUC-RS e Unisinos selaram um acordo para fazer de Porto Alegre a Cidade Polo de Excelência em Pós-Graduação em TI.

O termo de cooperação para o projeto foi assinado na quarta-feira, 21, e já está em andamento a execução do plano de comunicação voltado a atrair interessados em formação de quarto grau strictu sensu (mestrado e doutorado) do Brasil e América Latina para a capital gaúcha.

“Queremos reforçar o mercado local, com mão de obra muito especializada, e mostrar a capacidade de formação presente na cidade”, destaca Margaret Tse, conselheira da Federasul e uma das coordenadoras do projeto, ao lado do também conselheiro Jaime Wagner.
 
Na PUC-RS, as pós-graduações envolvidas no projeto são em Ciência da Computação e Engenharia Elétrica, com linhas de pesquisa em redes de computadores e TV digital.

Na UFRGS há Ciência da Computação - Microeletrônica e Informática da Educação.
 
A Unisinos entra com Computação Aplicada (PIPCA) e mestrado em Engenharia Elétrica (curso que ainda aguarda aprovação do Capes).

Como é fim de ano, o projeto começa a andar no ano que vem, quando também entrará no escopo o envolvimento de empresas – afinal, são elas as maiores interessadas em profissionais de alto nível.

“Ainda estamos em fase inicial, há que concluir um plano de comunicação, estudar ações e possíveis parcerias. Tanto a Federasul quanto as universidades ainda estão trabalhando em definições diversas”, explica Margaret.

Questionada sobre a possibilidade de inclusão de novas universidades no projeto, ela assegura que, ao menos de início, não há esta intenção.

“Estabelecemos como critério à universidade ter um polo de tecnologia e inovação e campi em Porto Alegre”, justifica.

A Unisinos, que é de São Leopoldo e mantém lá seu polo de TI, o Tecnosinos, só entrou porque oferece pós-graduações na estrutura da capital, onde a Fundação Jesuíta, mantenedora da unviersidade, também tem o Colégio Anchieta.

Em breve deverá entrar no ar um website para divulgar e explicar o projeto, que é o segundo deste cunho movido pela dupla Margaret e Wagner.

Em 2010, os dois, que são membros da Divisão de Serviços da Federasul, já levaram a cabo um piloto de excelência da capital gaúcha em pós-graduação na área de saúde.

Desta iniciativa participaram PUC-RS, Ufrgs, UFCSPA e chancela da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina.