Maria Emilia Jaber. Foto: divulgação.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) anunciou esta semana a sua adesão ao uso do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) para a tramitação de documentos e processos de gestão.

Segundo informações do Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), a pasta firmou acordo com a Secretaria de Logística e TI do Planejamento e deve implantar a solução até 18 de janeiro de 2016.

A decisão por utilizar o SEI representa uma mudança no plano original do ministério da Agricultura, que era investir R$ 6 milhões para adquirir uma ferramenta de gestão eletrônica de documentos.

“A nossa parceria estratégica com o Planejamento reduziu este custo a zero”, afirmou a secretária-executiva do Ministério, Maria Emilia Mendonça Jaber, ao site Convergência Digital.

De acordo com a secretária, a cooperação com o MP capacitará 2,2 mil servidores até a data de implantação do SEI.

"Poderemos rapidamente responder a processos de defesa agropecuária e de legislação, que estão parados porque aguardamos a chegada pelos Correios. O sistema contribuirá na agilidade e economicidade deste trabalho realizado no ministério”, afirmou Jaber.

O ministério é o 18o órgão da administração federal a aderir ao sistema. Recentemente o Ministério da Educação (MEC) também assinou um acordo com o MPOG para utilizar o SEI, com a previsão de início de operação para novembro. A previsão inicial do MEC é economizar R$ 2,4 milhões anuais com o uso da ferramenta digital.