A Finep custeou a aquisição de um computador de alto desempenho pela UFBA. Foto: Divulgação.

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) custeou a aquisição de um computador de alto desempenho pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Foram investidos R$ 1,78 milhão no projeto, por meio de um edital do CT-Infra.

Considerado uma máquina de High-Performance Computing (HPC), o SGI ICE X vai apoiar pesquisas de física, geofísica, química, matemática, computação e oceanografia e tem capacidade de ser expandido à medida que são adquiridos novos processadores, podendo chegar ao nível de supercomputação. 

A máquina possui mais de mil processadores, organizados em 48 nós computacionais. Em termos práticos, um experimento na área de oceanografia que atualmente leva um mês para ser concluído, poderá ser feito em três dias.

Para o coordenador da Rede de Modelagem e Observação Oceanográfica (Remo) na UFBA, Clemente Tanajura, o SGI ICE X beneficiará, principalmente, os estudos desenvolvidos pelo grupo, que atua na previsão numérica operacional de curto prazo. 

Assim como a previsão numérica do tempo, feita com modelos baseados nas leis da física, a previsão oceânica também utiliza conjuntos de equações físico-matemáticas. Além de gerar a condição dos modelos previsores, esses métodos também podem ser empregados na reconstrução de longas séries temporais do modelo para estudos climáticos.

"Nesse ponto, a nova máquina deverá agilizar muito nosso trabalho, já que o número de experimentos voltados para aprimorar a assimilação poderá ser muito maior do que o empregado hoje", explica Tanajura.

O computador de alto desempenho deverá entrar em operação nos próximos meses. Para comportar a máquina e possíveis novas aquisições, serão feitas melhorias na rede elétrica da UFBA. Sistema operacional, bibliotecas e organização de sistemas de filas também serão instalados.