A Magazine Luiza tem hoje como um de seus principais focos a digitalização dos negócios e a ampliação das vendas online. Foto: Divulgação.

A Magazine Luiza assinou um acordo com a Linx para integrar o sistema Omnichannel da empresa de tecnologia no marketplace da rede varejista, incluindo a Netshoes. A varejista fechou acordo para aquisição de 100% das ações da Netshoes por US$ 62 milhões em abril deste ano.

Com o novo contrato, os usuários do sistema Linx OMNI OMS que vendem no site da Magazine Luiza poderão publicar seu catálogo de produtos online e offline no marketplace. 

Os vendedores do marketplace que são usuários do mesmo sistema Linx poderão utilizar seus próprios pontos físicos como opção de entrega ou retirada de produtos vendidos no Magalu.

“A parceria reforça a estratégia do Magalu de digitalizar o varejo brasileiro, possibilitando que empresas tradicionais e varejistas analógicos disponibilizem o catálogo de todos os seus pontos físicos para milhões de clientes da nossa plataforma digital”, destaca a Loja em comunicado aos acionistas.

A partir do acordo, um cliente que fizer uma compra de um produto vendido por um parceiro do marketplace na plataforma da Magazine Luiza poderá optar por retirar o produto na loja física daquele parceiro ou recebê-lo em casa, com a possibilidade de postagem a partir da loja, acelerando prazos de entrega e reduzindo custos de frete.

O sistema permite que o cliente tenha acesso a dados de geolocalização, que mostram as lojas mais próximas que podem entregar seu produto de forma rápida. Caso a opção seja receber a compra em casa, os vendedores podem utilizar os serviços dos parceiros logísticos do Magalu e da Linx.

“A assinatura deste acordo é mais um passo da Linx para reforçar sua liderança na estratégia omnichannel, apoiando seus clientes na jornada de transformação digital e fortalecendo uma relação fluida com seus consumidores”, reforça o comunicado ao mercado da Linx.

A Magazine Luiza tem hoje como um de seus principais focos a digitalização dos negócios e a ampliação das vendas por site de e-commerce e aplicativo. O lema da companhia hoje é ser “uma empresa digital com pontos físicos” e não uma rede de lojas físicas com presença online. 

Em 2018, a empresa apresentou alta de 36,2% no faturamento, chegando a R$ 19,7 bilhões. No período, o e-commerce cresceu 60,1%. As vendas digitais já representavam um terço do total no começo de 2018.

A Linx possui cerca de 3 mil colaboradores distribuídos entre sua sede em São Paulo, 13 filiais pelo Brasil e 7 países da América Latina.