A tecnologia é conhecida no exterior como cashless. Foto: flickr.com/photos/sevenfloorsdown.

A startup Arenaplan Consultoria criou um sistema para pagamentos em estádios brasileiros com o objetivo de acabar com as filas em bares. A solução consiste em um cartão RFID que pode ser carregado pela internet ou pelo celular com o valor que o usuário deseja consumir e o pagamento é feito via cartão de crédito ou débito.

Conhecida no exterior como Cashless, a tecnologia pode ser oferecida em estádios, escolas e shoppings centers. A solução trabalha em nuvem e o gestor utiliza o Backoffice para configurar todo o sistema à distância. 

 No local, há uma máquina portátil com aplicativo próprio em plataforma mobile. Ela é um pouco maior do que uma máquina de cartão de crédito comum e tem um display maior também.

Com o Arenaplan Sem Filas, o torcedor encosta o cartão ou celular na leitora, o sistema consulta o saldo disponível e efetua o débito. Não é preciso digitar senhas para a compra. 

O sistema emite recibos e notas fiscais eletrônicas para os clientes, reduzindo as chances de fraude. 

A empresa, criada em 2013 em São Paulo, estuda a possibilidade de disponibilizar carregadores fixos dos cartões nos locais parceiros.