Conexão móvel cresceu 100%. Foto: flickr.com/photos/mario_carvajal

O levantamento realizado pela consultoria Akamai, revela que o Brasil apresentou velocidade média de 2,7 Mbps de conexão, ocupando a 84ª posição no ranking mundial.

A aferição representa um crescimento de 10% em relação ao segundo trimestre de 2013 e de 19% em relação ao último período de um ano.

Com base nisso, foi identificado que na América Latina, a velocidade média de conexão variou de 3,9 Mbps, no México, a 1,1 Mbps, na Bolívia. No ranking global, os países estão na 57ª e 136ª colocação, respectivamente.

O relatório é publicado trimestralmente e provê uma visão global de importantes estatísticas da web, como: conectividade de rede e velocidades de conexão, tráfego de ataques, adoção de banda larga e disponibilidade.

Quando o assunto é crescimento de endereços iPv4, o país apresenta o maior índice de crescimento. No total, houve um acréscimo de 11%, totalizando 3,3 milhões de novos endereços.

Outra análise apresentada pelo levantamento foi a média de velocidade da conectividade móvel. Das conexões avaliadas mundialmente, houve variação de 9,5 Mbps até 0,6 Mbps, no período, o Brasil teve média de 1,4 Mbps.

Com base na sua estrutura, o estudo é capaz de identificar também os países nos quais ataques são originados, bem como os principais pontos atingidos por eles. A China como fonte de ameaças foi considerada o país  com maior volume observado, com 35%. O Brasil figura o 6º lugar, com 2,1%.

A Akamai é uma das maiores empresas de distribuição de conteúdo digital do mundo e detêm de uma rede mundial de cerca de 140 mil servidores. Por meio de sua estrutura é responsável por mais de 30% de todo o tráfego de internet mundial.

No país, a empresa é representada pela Exceda, fundada em 2002, a companhia também atua na América Latina e atende mais de 150 clientes com operações críticas na web.