A Huawei Consumer registrou receita de vendas de US$ 12,2 bilhões em 2014. Foto: Ivan Garcia/Shutterstock.com

Huawei Consumer registrou receita anual de vendas de US$ 12,2 bilhões em 2014, um aumento de 30% em relação ao ano anterior. Esta foi a primeira vez que a empresa ultrapassou a marca de US$ 10 bilhões. 

As remessas cresceram 7,8%, para um total de 138 milhões de dispositivos em 2014, incluindo 75 milhões de smartphones, o que representou aumento anual de 45%. 

“Nossa estratégia de priorizar produtos premium trouxe fortes resultados e com isso 2014 ficou marcado pelo ano em que a área de Consumo teve conquistas significativas em inúmeras áreas, incluindo P&D de produtos, reconhecimento da marca, desenvolvimento do canal e aumento da participação de mercado”, comentou Richard Yu, CEO do Huawei Consumer BG.

Uma das conquistas mais notáveis de 2014 foi o incremento das remessas de smartphones para os segmentos médio e alta linha, o que aumentou para 18%. 

O Huawei P7, um dos produtos premium e considerado carro-chefe da marca, atingiu uma remessa global de 4 milhões de unidades apenas 6 meses após seu lançamento, enquanto o Huawei Mate 7 atingiu uma remessa de mais de 2 milhões de unidades apenas 3 meses após seu lançamento em setembro do ano passado.

A contribuição da receita dos canais abertos (incluindo comércio eletrônico) contabilizou 41% da receita total.

No Brasil, a Huawei, também focada em soluções de telecomunicações de rede, aparelhos e computação em nuvem, tem feito diversos investimentos de peso para aumentar sua presença.

Em 2012, a companhia anunciou a fabricação brasileira de smartphones em parceria com a Compal Electronics em sua planta na cidade de Jundiaí, interior paulista, com um investimento de R$ 5 milhões até 2014.

Já no ano passado a Huawei revelou uma nova unidade de negócios de data center para a América do Sul, com foco principal no Brasil. 

A a companhia também anunciou a criação de um centro de inovação no Tecnopuc, em Porto Alegre. A partir do acordo, a estatal gaúcha de procassamento de dados Procergs e a Huawei vão trabalhar em conjunto em projetos de cidades digitais, computação em nuvem e comunicações unificadas.

A Huawei tem operações em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Recife, além de possuir um centro de treinamento em Campinas e um centro de distribuição em Sorocaba.