Márcia Tosta, assessora da Petrobras para assuntos de segurança cibernética e da informação. Foto: Divulgação Microsoft.

A Petrobras contratou Márcia Tosta, uma das mais respeitadas CISOs do mercado, como assessora da presidência da empresa para assuntos de segurança cibernética e da informação.

De acordo com o site Security Report, Tosta deixou a posição de gerente de segurança da informação do Grupo Boticário no final do ano passado para assumir o cargo. Ela atuava na empresa de cosméticos sediada em Curitiba desde 2016.

A executiva já estaria atuando no Rio de Janeiro, responsável por todos os assuntos ligados a área de segurança cibernética da petroleira. 

Anteriormente, foram mais de nove anos na Sadia como CSO e gerente de segurança da informação. Tosta também passou por empresas como ML Informática, Chapecó Cia Industrial de Alimentos e Electronic Arts.

Formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, a executiva tem pós-graduação em gestão da segurança da informação pela USP e MBA em gestão empresarial pela FGV.

Desde 2015, Tosta também empreende com a Vanilla Femme, uma multimarcas de lingeries e acessórios.

O mercado de segurança da informação tem se mostrado bastante aquecido, com alta rotatividade de profissionais.0

Nos últimos meses, o país tem visto um grande vazamento de dados pelo menos a cada mês, muitos envolvendo nomes emergentes no mercado de fintechs ou players estabelecidos em diversos setores.

Tudo isso acontece na iminência da entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), prevista para entrar em vigor em agosto de 2020.

A lei prevê multas de até R$ 50 milhões ou ou 2% do faturamento bruto anual — o que for maior.