"Espera que estou pagando a conta". Foto: reprodução.

Tamanho da fonte: -A+A

Chegou às app stores do iOS e Android nesta semana o Snappin, aplicativo que permite o pagamento do consumo, através do celular, em casas noturnas e bares.

Segundo destaca a desenvolvedora do app, até o final de março ele já poderá ser usado em mais de vinte estabelecimentos, em quatro estados brasileiros (SP, RJ, MG e SC).

Para usar o app, depois de instalado no smartphone, o cliente pode registrar até três cartões de crédito.

Quando ele vai a um estabelecimento filiado à solução, faz seu check-in, e imediatamente o sistema associa uma comanda de consumo ao seu smartphone.

Pelo app, o usuário pode consumir, checar sua conta e ver ofertas personalizadas pelo app.

Após o pagamento, o usuário recebe no celular o seu cupom de saída e pode deixar o local sem precisar passar na fila do caixa. As informações são criptografadas e armazenadas pela Braspag, empresa nacional da área de e-payment.

A plataforma também deve ser adaptada para uso em casa de shows e festivais, segundo destaca Ernest Petty, um dos sócios da Snappin.

"Sempre que uma atração está para acabar, as pessoas vão pra fila do caixa para levar menos tempo para sair. Consequentemente, a fila se forma, gerando uma experiência negativa para os nossos clientes", explica.

O Snappin é uma empresa constituída, e tem como sócios o Grupo Fit, do ramo de entretenimento, e a paulista OZ Technology, empresa de tecnologia com know-how em sistemas de pagamentos  para casas noturnas e bares.

O aplicativo foi conceituado pela agência Ogilvy & Mather, que, ao lado da OZ desenvolveu todo o app, assim como a integração dos sistemas.
 
PRIMEIROS?

Embora o Snappin se apresente como o primeiro app nacional do gênero, uma outra startup teve a idéia primeiro. Lançado em setembro pela startup paulista Unbound, o app Tabber possui uma abordagem semelhante, voltada à bares e restaurantes.

Pelo app, o cliente escolhe o seu pedido na tela do aparelho, que vai diretamente para o bar e minutos depois é trazido pelo garçom.

O aplicativo foi lançado inicialmente em seis bares na capital e região metropolitana de São Paulo, disponível para Android e iOS.