Problemas para a Siemens.

A Justiça Federal determinou que a empresa alemã Siemens fique impedida de participar de licitações públicas e fechar contratos com governos no Brasil pelos próximos 5 anos. 

Segundo revela o Estado de São Paulo, a decisão é de janeiro e tem base em sindicância feita nos Correios que apontou suspeita de pagamento de propina da Siemens para obter contratos com a estatal.

O assunto começou com uma sindicância dos Correios em 2008 sobre licitações em 1999 e em 2004, que resultou numa proibição de participação dos alemães em licitações na estatal.

A Siemens recorreu. Em agosto de 2013 o juiz de primeira instância não apenas deu razão aos Correios como afirmou que o impedimento de contratar deveria ser estendido a toda a administração pública.

A empresa voltou a recorrer, mas o Tribunal Regional Federal da 1ª Região manteve a decisão e determinou, em janeiro, o imediato cumprimento da pena.