ARMAZENAMENTO

Concha y Toro atualiza infra com Pure Storage

28/02/2018 10:50

As operações da empresa são centralizadas no sistema de gestão empresarial SAP.

A Concha y Toro tem operações em 12 países. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Concha y Toro, maior empresa de vinhos da América Latina, adotou os arrays 100% flash da Pure Storage com o objetivo de acelerar o tempo de resposta SAP e simplificar o processo de implementação de novos módulos em ambientes de produção.

Com operações em 12 países, a adega buscava uma infraestrutura de TI robusta e ágil para suportar seus negócios globais. 

"Nós estávamos gastando tempo demais em manutenção de armazenamento e o sistema que tínhamos era muito complexo para gerenciar”, conta Antonio Pinilla, chefe de operações de redes de infraestrutura da Concha y Toro.

As operações da empresa são centralizadas no sistema de gestão empresarial SAP e em softwares de serviços ao cliente, executados em uma rede de servidores virtualizados VMware vSphere. 

No entanto, a empresa tinha um sistema de armazenamento antigo, baseado em tecnologia de disco giratório, com latências elevadas e difícil de ser gerenciado. Além disso, cada atualização de firmware exigia uma grande janela de manutenção. 

“Ele ocupou muito do nosso tempo e ainda não estava entregando informações importantes que precisávamos, como a utilização da capacidade e o tempo de resposta dos usuários ", complementa Pinilla.

Após a aquisição da Pure’s FlashArray//M50 para o centro de dados de produção, a companhia migrou todas as aplicações para a Pure Storage. Assim, todas as métricas de gerenciamento passaram a ficar disponíveis através do Pure1, sistema de monitoramento em tempo real através de um desktop ou smartphone.

"As baixas latências são necessárias, visto que influenciam diretamente na rapidez em que os usuários finais podem acessar seus aplicativos SAP ", conta Pinilla.

Com esta implantação, o desenvolvimento e os testes de novos aplicativos em SAP, que antes costumava levar até uma semana, agora exige menos de um dia para liberá-los para a produção. 

"Mas nem tudo é sobre velocidade. Havia outros atributos que precisávamos, como criptografia, redução de dados e ferramentas de gerenciamento simplificadas ", acrescenta.

Fundada em 1883, a Viña Concha y Toro produz mais de 30 milhões de tonéis por ano e distribui seus vinhos em 147 países. A empresa em quinto lugar no mundo em termos de volume negociado e opera a segunda maior área de videiras plantadas globalmente com 10.800 hectares de vinhas no Chile, Argentina e Estados Unidos. 

Sediada em Santiago, Chile, a empresa possui mais de 3,1 mil funcionários.

Veja também

INFRAESTRUTURA
FEI atualiza data center com VMware

O centro universitário FEI migrou para a tecnologia de virtualização da VMware.

CARREIRA
NetApp tem novo country manager

Marcio Kanamaru já atuou como gerente geral da McAfee para o Brasil.

HPE
Marisol: novo storage com Sercompe

A companhia adotou equipamentos da linha 3PAR da HPE.

MICROSOFT
Accenture terá maior adoção do Win10

O projeto envolverá 450 mil usuários até o final de 2018.

AZURE
Patrus: Microsoft para transformação digital

O projeto mais recente envolve aprendizado de máquinas e IoT para monitoramento do fluxo das cargas. 

SAÚDE
Pompéia: VMware com Gruppen

O projeto envolveu servidores e switches da Dell, software VMware vSphere e vSAN.

ENGENHARIA
Promon: virtualização com Citrix

O projeto foi  implementado pela Add Value.

INFRAESTRUTURA
Bavihaus migra para nuvem com Teclógica

A empresa utiliza o software da Sysmo.